Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

EMPREENDENDO A EXCELÊNCIA DOS VALORES HUMANOS NAS ESCOLAS DE IGARASSU-PE: NÃO AO BULLYING, AUTOMUTILAÇÃO E QUALQUER FORMA DE DISCRIMINAÇÃO

Palavra-chaves: DIREITOS HUMANOS, BULLYING, AUTOMUTILAÇÃO, CIDADANIA Comunicação Oral (CO) GT 11 - Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Através das visitas de acompanhamento às escolas do anos finais do município de Igarassu, realizada pela coordenação dos anos finais do referido município, foram constatadas algumas adversidades que poderiam estar interferindo no processo de aprendizagem dos educandos. No período das visitas, estava-se no auge dos jogos adoecidos (Baleia Azul, o que poderia estar corroborando com as situações), tais problemáticas não poderiam ser esquecidas e anuladas, mas, deveriam ser tratadas de maneira que o conhecimento se tornasse o maior instrumento de combate e prevenção aos obstáculos apreciados. Dessa forma, pensou-se em um projeto que envolvesse todos os educandos dos anos finais do município, no enfrentamento a qualquer forma de discriminação, e que estaria diretamente correlacionado ao bullying, automutilação e a proposta educacional do município para o ano de 2017 (Igarassu: aprendendo a empreender a partir da educação). À vista disso, surgiu o tema: Empreendendo a excelência dos valores humanos nas escolas de Igarassu: Não ao bullying, automutilação e qualquer forma de discriminação. Que envolveu teoria e prática, não atrelando-se apenas a um conceito que poderia ser pensado, estudado e repassado, mas em um trabalho voltado à essência dos direitos/valores humanos, que se materializaria, sobretudo, em um trabalho realizado pelos próprios discentes, objetivando contribuir para a formação de educandos críticos, solidários, autônomos e conhecedores da excelência dos valores humanos. No qual, toda a comunidade escolar pudesse também ser envolvida, e o compartilhamento de informações sobre as temáticas, não fosses replicadas apenas em palestras e eventos direcionados. Mas, por cada participante, que pudesse multiplicar um toque de humanização. Logo, este trabalho, evidenciará a execução tal ação (projeto de intervenção) entorno das temáticas acima citadas, que se transformara em uma experiência exitosa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.