Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O ENSINO DE ARTES COMO UM MODO DE FORMAÇÃO SOCIAL: A COMPREENSÃO DO PAPEL DA ARTE E DA CULTURA EM UMA ESCOLA FOCADA NA INTERDISCIPLINARIDADE

Palavra-chaves: ENSINO DE ARTES, INTERDISCIPLINARIDADE, ENSINO INTERDISCIPLINAR Comunicação Oral (CO) GT 08 - Linguagens, Letramento e Alfabetização
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 37653
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1977
    "inscrito_id" => 4253
    "titulo" => "O ENSINO DE ARTES COMO UM MODO DE FORMAÇÃO SOCIAL: A COMPREENSÃO DO PAPEL DA ARTE E DA CULTURA EM UMA ESCOLA FOCADA NA INTERDISCIPLINARIDADE"
    "resumo" => "O presente artigo, oriundo das discussões na disciplina de Interculturalidade na qual fora estudada à importância da expressão cultural como lócus da formação identitária dos indivíduos, teve por objetivo compreender a importância de se pensar Arte e suas contribuições como um modo de formação social, bem como o de analisar quais as mudanças conceituais e metodológicas que têm desafiado as práticas docentes e a compreensão do papel da Arte e da cultura em uma escola focada na interdisciplinaridade. Para tal, o referido artigo traz a priori uma abordagem teórica/histórica acerca da construção e compreensão do conceito de “Arte”, e em seguida discorre-se sobre o ensino de arte na Educação básica e o currículo nacional, tendo por fim uma abordagem teórica embasando a metodologia do ensino de Arte e a interdisciplinaridade. Na construção do arcabouço teórico utilizamos: Read e Fisher (2001), Kerdna (2017), Brasil (1996), Souza (2010), Ana Mae (2008), Fischer (1983), Barbosa (2008), Read (2001), Thiersen (2008), Fortes (2005). Foi então realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa por meio de um estudo de campo em uma escola municipal na cidade de Caruaru-PE, na qual os dados foram coletados por meio da observação participante, conversas informais, análise documental dos planejamentos e entrevista com uma professora do 1º ano do ensino fundamental I. Concluiu-se que o ensino de arte é trabalhado de forma aleatória e sem contextualização, ao passo que a Arte é concebida como auxílio e não como uma disciplina primordial, e que a mesma não alcança o mesmo grau de centralidade na sala de aula como as demais disciplinas. No que se refere à interdisciplinaridade, a Arte se fez presente em outras disciplinas, mas apenas como auxilio e não de forma centralizada, o ensino da disciplina não é desenvolvido num destaque à formação através da reflexão, interação, e articulação entre as disciplinas e a história cultural artística."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 08 - Linguagens, Letramento e Alfabetização"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE ARTES, INTERDISCIPLINARIDADE, ENSINO INTERDISCIPLINAR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA8_ID4253_11092017155832.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ÉRICA MONIQUE SILVA "
    "autor_nome_curto" => "ÉRICA MONIQUE "
    "autor_email" => "ericamnq@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO (UFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 37653
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 1977
    "inscrito_id" => 4253
    "titulo" => "O ENSINO DE ARTES COMO UM MODO DE FORMAÇÃO SOCIAL: A COMPREENSÃO DO PAPEL DA ARTE E DA CULTURA EM UMA ESCOLA FOCADA NA INTERDISCIPLINARIDADE"
    "resumo" => "O presente artigo, oriundo das discussões na disciplina de Interculturalidade na qual fora estudada à importância da expressão cultural como lócus da formação identitária dos indivíduos, teve por objetivo compreender a importância de se pensar Arte e suas contribuições como um modo de formação social, bem como o de analisar quais as mudanças conceituais e metodológicas que têm desafiado as práticas docentes e a compreensão do papel da Arte e da cultura em uma escola focada na interdisciplinaridade. Para tal, o referido artigo traz a priori uma abordagem teórica/histórica acerca da construção e compreensão do conceito de “Arte”, e em seguida discorre-se sobre o ensino de arte na Educação básica e o currículo nacional, tendo por fim uma abordagem teórica embasando a metodologia do ensino de Arte e a interdisciplinaridade. Na construção do arcabouço teórico utilizamos: Read e Fisher (2001), Kerdna (2017), Brasil (1996), Souza (2010), Ana Mae (2008), Fischer (1983), Barbosa (2008), Read (2001), Thiersen (2008), Fortes (2005). Foi então realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa por meio de um estudo de campo em uma escola municipal na cidade de Caruaru-PE, na qual os dados foram coletados por meio da observação participante, conversas informais, análise documental dos planejamentos e entrevista com uma professora do 1º ano do ensino fundamental I. Concluiu-se que o ensino de arte é trabalhado de forma aleatória e sem contextualização, ao passo que a Arte é concebida como auxílio e não como uma disciplina primordial, e que a mesma não alcança o mesmo grau de centralidade na sala de aula como as demais disciplinas. No que se refere à interdisciplinaridade, a Arte se fez presente em outras disciplinas, mas apenas como auxilio e não de forma centralizada, o ensino da disciplina não é desenvolvido num destaque à formação através da reflexão, interação, e articulação entre as disciplinas e a história cultural artística."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 08 - Linguagens, Letramento e Alfabetização"
    "palavra_chave" => "ENSINO DE ARTES, INTERDISCIPLINARIDADE, ENSINO INTERDISCIPLINAR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA8_ID4253_11092017155832.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:22"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:09"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ÉRICA MONIQUE SILVA "
    "autor_nome_curto" => "ÉRICA MONIQUE "
    "autor_email" => "ericamnq@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO (UFPE)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

O presente artigo, oriundo das discussões na disciplina de Interculturalidade na qual fora estudada à importância da expressão cultural como lócus da formação identitária dos indivíduos, teve por objetivo compreender a importância de se pensar Arte e suas contribuições como um modo de formação social, bem como o de analisar quais as mudanças conceituais e metodológicas que têm desafiado as práticas docentes e a compreensão do papel da Arte e da cultura em uma escola focada na interdisciplinaridade. Para tal, o referido artigo traz a priori uma abordagem teórica/histórica acerca da construção e compreensão do conceito de “Arte”, e em seguida discorre-se sobre o ensino de arte na Educação básica e o currículo nacional, tendo por fim uma abordagem teórica embasando a metodologia do ensino de Arte e a interdisciplinaridade. Na construção do arcabouço teórico utilizamos: Read e Fisher (2001), Kerdna (2017), Brasil (1996), Souza (2010), Ana Mae (2008), Fischer (1983), Barbosa (2008), Read (2001), Thiersen (2008), Fortes (2005). Foi então realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa por meio de um estudo de campo em uma escola municipal na cidade de Caruaru-PE, na qual os dados foram coletados por meio da observação participante, conversas informais, análise documental dos planejamentos e entrevista com uma professora do 1º ano do ensino fundamental I. Concluiu-se que o ensino de arte é trabalhado de forma aleatória e sem contextualização, ao passo que a Arte é concebida como auxílio e não como uma disciplina primordial, e que a mesma não alcança o mesmo grau de centralidade na sala de aula como as demais disciplinas. No que se refere à interdisciplinaridade, a Arte se fez presente em outras disciplinas, mas apenas como auxilio e não de forma centralizada, o ensino da disciplina não é desenvolvido num destaque à formação através da reflexão, interação, e articulação entre as disciplinas e a história cultural artística.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.