Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 238
EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: SABERES ADQUIRIDOS NA ESCOLA E SUA INFLUÊNCIA NO COTIDIANO DO ESTUDANTE

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS, COTIDIANO, SABERES. Comunicação Oral (CO) GT 12 - Educação de Pessoas Jovens e Adultas Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O estudo aqui desenvolvido através de uma pesquisa quantitativa está voltado para a formação do estudante jovem e adulto e sua influência nos afazeres do cotidiano. Tendo como principal objetivo reconhecer a importância dos saberes adquiridos na escola e sua influência nos afazeres cotidianos do estudante jovem e adulto. Portanto o presente artigo aponta como categorias centrais: o ensino ministrado na educação jovens e adultos que expressa à ideologia configurada no sistema educacional brasileiro bem como um reflexo de exclusão e falta de propostas e políticas educacionais voltadas para a área e que ao mesmo tempo não considera os anseios dos estudantes que procuram essa modalidade de ensino. A pesquisa de campo foi conduzida com cem discentes que estudam na terceira fase da EJA fundamental, através da aplicação de um questionário fechado com perguntas semiestruturadas aos discentes dessa modalidade de ensino. A análise dos dados quantitativos foi desenvolvida através de estatística descritiva por meio de distribuições absolutas e percentuais a partir de gráficos e tabelas elaborados no Excel. Os resultados evidenciaram a relevância dos conhecimentos que os estudantes de EJA adquirem na escola para sua formação pessoal e profissional, bem como a necessidade de uma política educacional voltada para essa modalidade de ensino, visto que, apesar de a maioria dos professores recorrerem aos diferentes saberes adquiridos em sua trajetória, a educação de jovens e adultos, ainda expressa um reflexo de exclusão e ideologia apresentando bastante dificuldade para a efetivação de um ensino e aprendizagem sólido e gratificante para os que nele frequentam, apontando uma fragilidade em sua estrutura funcional e organizacional, uma vez que não encontramos propostas educacionais estruturadas para a especificidade que a EJA apresenta

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.