Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 305
DIFERENÇAS DE GÊNERO – QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS TEMÁTICAS QUE ABORDAM ESSAS DESIGUALDADES

Palavra-chaves: GÊNERO, EDUCAÇÃO, DESIGUALDADES Comunicação Oral (CO) GT 07 - Gênero, Sexualidade e Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente artigo é parte dos resultados de uma pesquisa bibliográfica de mestrado onde foram analisados 50 textos selecionados de uma amostra de 1000 textos. Esse material é oriundo da biblioteca internacional da Universidade de Sydney. Esses textos versavam sobre as temáticas gênero e educação. Esse banco de dados era composto por artigos, dissertações, teses oriundas dos mais diversos países, porém eram todos escritos em inglês. Optou-se por analisá-los para observar as contribuições que autores internacionais poderiam trazer para as temáticas e também porque o grupo de pesquisa que a autora deste texto pertencia já havia analisado o material nacional que abordava a temática. A metodologia escolhida para a realização dessa pesquisa foi a do tipo estado da arte, onde através da elaboração de mapas conceituais e análises indutivas foi possível estabelecer a relação entre essas duas temáticas. Os resultados deste artigo mostram que a maior parte desses textos busca analisar o gênero dentro de uma perspectiva biológica, binária, onde o gênero é determinado pelas caracteristicas físicas, córporeas do indivíduo. Ao adotarem essa concepção as pesquisas de gênero tendem a trabalhar a questão evidenciando as diferenças existentes entre homens e mulheres. Dentro desse contexto surgem categorias comuns a essas pesquisas que mostram como a mulher está em defasagem em relação ao homem, no que diz respeito a formação e consequentemente ao posicionamento ao mercado de trabalho. Essas diferenças são mantidas devido aos valores enraizados de uma sociedade patriarcal. Por fim, esse estudo mostra que essa tendência dos estudos de gênero de analisar a questão apenas pela perspectiva biológica foi uma forma que os autores encontraram para mostrar os problemas e buscar alternativas para as desigualdades. Porém esse texto deixa claro a necessidade de se investir em pesquisas que tratem a temática gênero em diferentes contextos sociais. Além disso, afirma a primordialidade de incentivo à formação de mulheres para que elas estejam a frente de pesquisas e debates e assim se amplie as discussões e em conjunto possam buscar meios de reduzir as diferenças existentes.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.