Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 210
CONTRATO SOCIAL E DO EMÍLIO, COMO AS TEORIAS POLÍTICAS DE ROUSSEAU ESTÃO EM CONSONÂNCIA PARA COM A FORMAÇÃO POLÍTICA E PEDAGÓGICA DE UM INDIVÍDUO.

Palavra-chaves: JEAN JACQUES ROUSSEAU, TEORIAS POLÍTICAS, EDUCAÇÃO Comunicação Oral (CO) GT 04 - Fundamentos da Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Este trabalho surgiu com uma inquietação em analisar as teorias políticas de Rousseau, e estabelecer essas teorias com a formação política e pedagógica dos indivíduos. Em detrimento disso, as duas obras dele, Do Contrato Social e Do Emílio serão as bases para a construção deste artigo, haja vista que ao mesmo tempo que elas trabalham com a política, nota-se também que estipula as relações para a formação político e pedagógico de um indivíduo, isto é, a educação. Nesse cenário, notou-se de imediato que para a realização do trabalho, seria necessário afunilar o conhecimento no que diz respeito às teorias políticas, principalmente, em três óticas, sendo elas, sociedade, vontade e contrato; todas presentes na obra Do Contrato Social. Por sua vez, a transposição dessas teorias para a formação política e pedagógica de um sujeito são viáveis a partir do momento em que o cidadão em questão será alguém mais consciente e ético - contexto este abordado no livro Do Emílio -. Consoante a isso, a metodologia adotou uma abordagem qualitativa, fundamentando-se, principalmente, em livros e artigos, para com isso concretizar a tese levantada. Ademais, objetivou-se a integração entre as áreas estudadas, e utilizou-se das bibliografias para respaldar e concretizar as vertentes analisadas. Por fim, averiguou-se que há integração entre os temas e com isso há concordâncias, isto é, estão intrinsecamente interligadas, haja vista que, ao mesmo tempo em que o sujeito detém de um conhecimento acerca das teorias políticas e transpõem esses conceitos analisados para o convívio em sociedade, é notório observar que ele será um cidadão mais integro, ético e moral.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.