Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 250
ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO: UMA ANÁLISE DA FUNCIONALIDADE DA SALA DE RECURSOS

Palavra-chaves: ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO, SALA DE RECURSOS, APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) GT 10 - Educação Especial Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O trabalho aborda a temática do Atendimento Educacional Especializado - AEE e seu funcionamento realizado na Sala de Recursos, tem por objetivo, analisar a funcionalidade da sala de recursos no AEE e suas possíveis contribuições para a apropriação do conhecimento de alunos no Colégio Universitário (COLUN) localizado dentro da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). A pesquisa caracteriza-se como qualitativa, cujo aporte teórico e metodológico baseou-se em autores como: Cervo e Bervian (2002), Bueno (1993), Aranha (2001), Gil (1993) dentre outros. Utilizou-se de entrevista semi estruturada para a coleta de dados junto aos sujeitos da pesquisa, realizada com a coordenadora do Núcleo de Atendimento a Pessoa com Necessidade Educacional Especial (NAPNEE) e uma professora da sala de recursos multifuncionais (SRM). Com o desenvolver da nossa pesquisa percebemos que para se garantir de modo satisfatório e efetivo a aprendizagem dos alunos com necessidades educacionais especiais que frequentam as salas de recursos é necessária uma avaliação deste aluno, ou seja, um diagnóstico que identifique suas especificidades e necessidades. Após o diagnóstico é primordial a realização do planejamento de toda equipe escolar. O planejamento precisa contemplar principalmente o diálogo entre professoras das SRM e da sala de aula regular, isto é, é necessário que exista uma troca de saberes de forma permanente e simultânea entre os ambos os professores. A conclusão da nossa pesquisa revela que as trocas estabelecidas entre os professores de ambas salas citadas favorecem uma dinamicidade do Atendimento Educacional Especializado tornando profícuo ao processo de aprendizagem do aluno com necessidades educacionais especiais.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.