Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 251
AVALIAÇÃO DE SOFTWARES EDUCATIVOS PARA O ENSINO DA FÍSICA NO ENSINO MÉDIO

Palavra-chaves: AVALIAÇÃO, FÍSICA, SOFTWARES EDUCATIVOS Comunicação Oral (CO) GT 19 - Tecnologias e Educação Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Esse artigo visa abordar uma “Avaliação de Softwares Educativos para o ensino da Física no Ensino Médio” que foi realizada durante duas semanas no primeiro semestre de 2016, contando com a participação de dois professores de física do Ensino Médio. Os Softwares Educativos avaliados foram Física Básica, Física Interativa e Fórmulas de Física Free foram feitos com o intuito de auxiliar os alunos no ensino de diversos conteúdos da Física. Os principais conteúdos que esses Softwares Educativos abordam são a Mecânica, Termofísica, Óptica, Ondulatória, Eletromagnetismo. Os mesmos foram escolhidos por meio de pesquisa na Play Store e indicações pelos professores que já trabalharam com os aplicativos avaliados. A avaliação consistiu em utilizar uma adaptação da metodologia de Oliveira, que visa uma forma de avaliação de Softwares Educativos (SE) em forma de listas de avaliações. Para conseguir os dados do professor foram utilizados checklists divididos em 3 blocos, chamados de Checklist A, Checklist B e Checklist C, para avaliar a categoria Interação Aluno-SE-Professor, a categoria Fundamentação Pedagógica e a categoria Conteúdo, respectivamente. Para a realização destas avaliações, não houve qualquer restrição por parte dos professores para utilizar os aplicativos e se mostraram solidários também no preenchimento dos checklists. As análises mostram que os softwares são adequados para serem trabalhados em sala de aula, mas alguns pontos precisam ser melhorados. Destacamos que os usos dos Softwares Educativos aqui avaliados foram em sua maioria sugerido seu uso em sala de aula pelos professores de física. Com isso, concluímos que os professores carecem de usar os SE em sala de aula, no entanto devem verificar as possibilidades e limitações dos softwares educativos para o uso em sala de aula.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.