Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 257
AS CONTRIBUIÇÕES DAS ATIVIDADES LÚDICAS NO ENSINO DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Palavra-chaves: ATIVIDADES LÚDICAS, EDUCAÇÃO AMBIENTAL, INTERVENÇÕES PEDAGÓGICAS Pôster (PO) GT 14 - Educação Ambiental Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente trabalho objetivou avaliar a eficácia das atividades lúdicas no ensino e aprendizagem da Educação Ambiental (EA), a partir da vivência de intervenções pedagógicas no espaço escolar. O marco teórico geral está apoiado nos estudos de Ausebel; Novak; Hanesian (1980), Dias (2004), Dohme (2008), entre outros. As intervenções ocorreram em uma escola pública, localizada no município de Escada, interior de Pernambuco, durante a Semana Nacional do Meio Ambiente, tendo por público, discentes dos anos iniciais do Ensino Fundamental do (1º ao 5º ano) e toda comunidade escolar. Neste período, desenvolveram-se diversas ações, como: palestras, jogos (brincadeiras), oficinas de arte com materiais recicláveis, produção de cartazes, cartilhas, e exposição dos materiais didáticos produzidos. A intenção educacional constituiu-se no despertar ao interesse dos estudantes pelas problemáticas ambientais de forma lúdica, fomentando a construção de uma cidadania responsável. Após a esta etapa, realizou-se uma pesquisa de abordagem qualitativa, com o alunado (180 alunos), na busca de averiguar a resultância das intervenções no aprendizado, para isto, fez-se uso de questionário. Os resultados observados nas metodologias aplicadas foram condizentes com os das questões, comprovou-se que o lúdico subsidia positivammmente no ensino e na aprendizagem da EA, já que, 94% dos respondentes afirmaram que o momento foi oportuno no provocar de reflexões em suas atitudes para com o meio ambiente, agregando novos conhecimentos teóricos e práticos. Sabe-se que nesta etapa da Educação Básica, os educandos estão em fase de descoberta e transformação, sendo assim, o trabalhar das questões ambientais se torna promissor, na formação de cidadãos críticos/reflexivos e compromissados para com a natureza. Mobilizações como esta são necessárias, pois enseja a criação de uma sociedade mais sustentável.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.