Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 253
ALICERCES DA EDUCAÇÃO: A ESTRUTURA FÍSICA DA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO MARIA BALBINA PEREIRA E SUA IMPORTÂNCIA PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM.

Palavra-chaves: INFRAESTRUTURA, ENSINO, APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) GT 17 – Ensino e suas interseções Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Resumo: A preocupação com o ambiente apropriado para o desenvolvimento das atividades humanas deve se estender aos prédios escolares, visto que estes locais abrigam inúmeras pessoas com a finalidade de adquirir conhecimento e cultura. Assim, é necessário que a infraestrutura destes ambientes esteja plenamente adequada para receber os estudantes e a comunidade, possibilitando o máximo de condições de ensino e aprendizagem e interação entre o meio escolar e o espaço que circunda e que se constitui entre a estrutura e o funcionamento de ensino, levando a importância desses dois elementos para uma composição de educação de qualidade. Esse artigo resulta do trabalho final do componente Curricular Laboratório de Projeto e Pesquisa em Ciências Sociais, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), nos propicia a realizar uma reflexão crítica sobre a importância da infraestrutura do prédio para o ensino e aprendizado. Estudo este que consistiu em uma pesquisa bibliográfica e um estudo de caso etnográfico, sendo investigada a Escola Maria Balbina Pereira, no município de Serra Branca – PB, distrito de Santa Luzia do Cariri, fundada em 30 de Setembro de 1931, inicialmente a escola funcionava apenas com o Ensino Infantil e Fundamental (de 1º ao 9º ano) e em 1994 foi implantado o Ensino Médio. Com objetivo de verificar se este espaço educativo oferece condições satisfatórias de infraestrutura para um bom desenvolvimento de ensino e aprendizagem, a partir da lei de Diretrizes e Bases 9.394/96, o intuito desse trabalho se deve ao conhecimento e a reflexão da realidade educacional brasileira e relacionando com a educação do cariri paraibano, em termos de estrutura e funcionamento. Através de um questionário, 60% das pessoas estão insatisfeitas com o espaço escolar, onde a mesma ainda não possui um funcionamento adequado para uma educação de qualidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.