Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A RELAÇÃO ENTRE CAPITALISMO E EDUCAÇÃO NO OLHAR DOS ESTUDANTES SOBRE A ESCOLA: TECENDO ALGUMAS HIPÓTESES

Palavra-chaves: CAPITALISMO, EDUCAÇÃO, ESCOLA, IDEOLOGIA CAPITALISTA Pôster (PO) GT 04 - Fundamentos da Educação
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 35580
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3568
    "inscrito_id" => 7054
    "titulo" => "A RELAÇÃO ENTRE CAPITALISMO E EDUCAÇÃO NO OLHAR DOS ESTUDANTES SOBRE A ESCOLA: TECENDO ALGUMAS HIPÓTESES"
    "resumo" => "O presente artigo é um desdobramento parcial de um projeto de pesquisa intitulado A relação entre capitalismo e educação no olhar dos estudantes sobre a escola. Iniciado em setembro desse ano, o referido projeto está situado dentro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) no âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus São João dos Patos, sendo o autor deste artigo bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento do Maranhão (FAPEMA) e os coautores voluntários da pesquisa. Partindo de uma abordagem marxista calcada na perspectiva teórico-conceitual do pensador italiano Antonio Gramsci, a pesquisa tem como objetivo principal analisar de que modo a relação entre capitalismo e educação se manifesta no olhar dos estudantes sobre a escola, bem como refletir sobre as possíveis implicações desse olhar para o processo educativo e para a sociedade. Considerando o curto período de tempo de desenvolvimento da pesquisa do PIBIC, o objetivo do artigo em tela é basicamente realizar uma espécie de aproximação com o campo a partir da tessitura de algumas hipóteses acerca do olhar dos estudantes sobre a escola. No que diz respeito à metodologia, alguns dados prévios nos auxiliarão nesta aproximação com o nosso campo de pesquisa e na elaboração de algumas hipóteses da nossa pesquisa do PIBIC. Os dados foram conseguidos através de uma pesquisa experimental realizada em 2016 com a turma de Matemática do IFMA no âmbito da disciplina Sociologia da Educação sob a coordenação e orientação do nosso orientador. Fazendo uso de um questionário de natureza quantitativa, na ocasião foram realizadas 130 entrevistas com adolescentes na faixa etária entre 13 e 14 anos, sendo metade do sexo feminino e metade do sexo masculino. Para os propósitos deste artigo, selecionamos do questionário original os dados referentes a uma pergunta e uma afirmativa. A partir dos dados aqui explorados, pudemos traçar – obviamente de maneira provisória –  algumas hipóteses relativa à nossa pesquisa de iniciação científica. Dentre o que foi possível apreender, destacamos: 1. Há um provável alinhamento ideológico com o capitalismo por parte dos estudantes da educação básica no que se refere a aceitação e reprodução de valores capitalistas como busca pelo lucro, por ganhar dinheiro e se dar bem na vida através da escola; 2. Em termos de formação, a escola parece deixar a desejar quando consideramos a dimensão da cidadania, preocupando-se quase que exclusivamente com a dimensão técnico-científica e deixando de lado a dimensão humanista do conhecimento; 3. Os estudantes aparentam estar altamente contaminados com a ideia de que a escola é um lugar apenas para lhes proporcionar formação para o ingresso no mercado de trabalho; 4. Na visão dos estudantes parece haver uma relação estreita entre ser pleno como ser humano e ter um emprego bem remunerado. Apesar do seu caráter provisório, a expectativa é que o exercício interpretativo realizado neste artigo nos auxilie na consecução dos objetivos da nossa pesquisa do PIBIC."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 04 - Fundamentos da Educação"
    "palavra_chave" => "CAPITALISMO, EDUCAÇÃO, ESCOLA, IDEOLOGIA CAPITALISTA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA4_ID7054_14102017153451.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:02"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FILIPE DE SOUSA CARVALHO"
    "autor_nome_curto" => "FILIPE CARVALHO"
    "autor_email" => "fhelipr@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO (IFMA)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 35580
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 3568
    "inscrito_id" => 7054
    "titulo" => "A RELAÇÃO ENTRE CAPITALISMO E EDUCAÇÃO NO OLHAR DOS ESTUDANTES SOBRE A ESCOLA: TECENDO ALGUMAS HIPÓTESES"
    "resumo" => "O presente artigo é um desdobramento parcial de um projeto de pesquisa intitulado A relação entre capitalismo e educação no olhar dos estudantes sobre a escola. Iniciado em setembro desse ano, o referido projeto está situado dentro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) no âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus São João dos Patos, sendo o autor deste artigo bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento do Maranhão (FAPEMA) e os coautores voluntários da pesquisa. Partindo de uma abordagem marxista calcada na perspectiva teórico-conceitual do pensador italiano Antonio Gramsci, a pesquisa tem como objetivo principal analisar de que modo a relação entre capitalismo e educação se manifesta no olhar dos estudantes sobre a escola, bem como refletir sobre as possíveis implicações desse olhar para o processo educativo e para a sociedade. Considerando o curto período de tempo de desenvolvimento da pesquisa do PIBIC, o objetivo do artigo em tela é basicamente realizar uma espécie de aproximação com o campo a partir da tessitura de algumas hipóteses acerca do olhar dos estudantes sobre a escola. No que diz respeito à metodologia, alguns dados prévios nos auxiliarão nesta aproximação com o nosso campo de pesquisa e na elaboração de algumas hipóteses da nossa pesquisa do PIBIC. Os dados foram conseguidos através de uma pesquisa experimental realizada em 2016 com a turma de Matemática do IFMA no âmbito da disciplina Sociologia da Educação sob a coordenação e orientação do nosso orientador. Fazendo uso de um questionário de natureza quantitativa, na ocasião foram realizadas 130 entrevistas com adolescentes na faixa etária entre 13 e 14 anos, sendo metade do sexo feminino e metade do sexo masculino. Para os propósitos deste artigo, selecionamos do questionário original os dados referentes a uma pergunta e uma afirmativa. A partir dos dados aqui explorados, pudemos traçar – obviamente de maneira provisória –  algumas hipóteses relativa à nossa pesquisa de iniciação científica. Dentre o que foi possível apreender, destacamos: 1. Há um provável alinhamento ideológico com o capitalismo por parte dos estudantes da educação básica no que se refere a aceitação e reprodução de valores capitalistas como busca pelo lucro, por ganhar dinheiro e se dar bem na vida através da escola; 2. Em termos de formação, a escola parece deixar a desejar quando consideramos a dimensão da cidadania, preocupando-se quase que exclusivamente com a dimensão técnico-científica e deixando de lado a dimensão humanista do conhecimento; 3. Os estudantes aparentam estar altamente contaminados com a ideia de que a escola é um lugar apenas para lhes proporcionar formação para o ingresso no mercado de trabalho; 4. Na visão dos estudantes parece haver uma relação estreita entre ser pleno como ser humano e ter um emprego bem remunerado. Apesar do seu caráter provisório, a expectativa é que o exercício interpretativo realizado neste artigo nos auxilie na consecução dos objetivos da nossa pesquisa do PIBIC."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 04 - Fundamentos da Educação"
    "palavra_chave" => "CAPITALISMO, EDUCAÇÃO, ESCOLA, IDEOLOGIA CAPITALISTA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD4_SA4_ID7054_14102017153451.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:02"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "FILIPE DE SOUSA CARVALHO"
    "autor_nome_curto" => "FILIPE CARVALHO"
    "autor_email" => "fhelipr@gmail.com"
    "autor_ies" => "INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO (IFMA)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

O presente artigo é um desdobramento parcial de um projeto de pesquisa intitulado A relação entre capitalismo e educação no olhar dos estudantes sobre a escola. Iniciado em setembro desse ano, o referido projeto está situado dentro do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) no âmbito do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) – Campus São João dos Patos, sendo o autor deste artigo bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa e Desenvolvimento do Maranhão (FAPEMA) e os coautores voluntários da pesquisa. Partindo de uma abordagem marxista calcada na perspectiva teórico-conceitual do pensador italiano Antonio Gramsci, a pesquisa tem como objetivo principal analisar de que modo a relação entre capitalismo e educação se manifesta no olhar dos estudantes sobre a escola, bem como refletir sobre as possíveis implicações desse olhar para o processo educativo e para a sociedade. Considerando o curto período de tempo de desenvolvimento da pesquisa do PIBIC, o objetivo do artigo em tela é basicamente realizar uma espécie de aproximação com o campo a partir da tessitura de algumas hipóteses acerca do olhar dos estudantes sobre a escola. No que diz respeito à metodologia, alguns dados prévios nos auxiliarão nesta aproximação com o nosso campo de pesquisa e na elaboração de algumas hipóteses da nossa pesquisa do PIBIC. Os dados foram conseguidos através de uma pesquisa experimental realizada em 2016 com a turma de Matemática do IFMA no âmbito da disciplina Sociologia da Educação sob a coordenação e orientação do nosso orientador. Fazendo uso de um questionário de natureza quantitativa, na ocasião foram realizadas 130 entrevistas com adolescentes na faixa etária entre 13 e 14 anos, sendo metade do sexo feminino e metade do sexo masculino. Para os propósitos deste artigo, selecionamos do questionário original os dados referentes a uma pergunta e uma afirmativa. A partir dos dados aqui explorados, pudemos traçar – obviamente de maneira provisória – algumas hipóteses relativa à nossa pesquisa de iniciação científica. Dentre o que foi possível apreender, destacamos: 1. Há um provável alinhamento ideológico com o capitalismo por parte dos estudantes da educação básica no que se refere a aceitação e reprodução de valores capitalistas como busca pelo lucro, por ganhar dinheiro e se dar bem na vida através da escola; 2. Em termos de formação, a escola parece deixar a desejar quando consideramos a dimensão da cidadania, preocupando-se quase que exclusivamente com a dimensão técnico-científica e deixando de lado a dimensão humanista do conhecimento; 3. Os estudantes aparentam estar altamente contaminados com a ideia de que a escola é um lugar apenas para lhes proporcionar formação para o ingresso no mercado de trabalho; 4. Na visão dos estudantes parece haver uma relação estreita entre ser pleno como ser humano e ter um emprego bem remunerado. Apesar do seu caráter provisório, a expectativa é que o exercício interpretativo realizado neste artigo nos auxilie na consecução dos objetivos da nossa pesquisa do PIBIC.

Compartilhe:

Visualização do Artigo

Infelizmente, não conseguimos localizar o arquivo para download. Mas não se preocupe, nossa equipe já foi notificada do problema e já estamos trabalhando para a resolução! Tente novamente mais tarde!

Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.