Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A PRÁTICA EXPERIMENTAL NO ENSINO DE QUÍMICA: ABORDAGEM SOBRE OS PROCESSOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS

Palavra-chaves: PRÁTICA EXPERIMENTAL, ENSINO DE QUÍMICA, APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA Pôster (PO) GT 16 – Ensino de Ciências Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Este trabalho relata a vivencia da prática experimental no ensino da química e como esta metodologia contribui positivamente no fator motivacional despertando o caráter investigativo no processo de ensino e aprendizagem. A interatividade promovida e os vínculos são estabelecidos de forma que os educandos descobrem uma nova concepção para esta ciência, a química deixa de ser muito complicada e torna-se mais compreensiva. O tema gerador escolhido foi processos de separação de misturas, dando a ênfase necessária para uma nova concepção da química, pois fornece vínculos com o cotidiano. Aulas experimentais devem ser aplicadas em sincronia com as aulas teóricas, é primordial ao educador compreender a dimensão e significado que uma aula de química com a junção teoria e prática pode ocasionar. A adaptação também surge como uma alternativa viável, neste caso nota-se que muitas escolas ainda não possuem um laboratório físico de química e de forma geral de ciências, este fato não impedi o professor de realizar aulas práticas, sendo necessária a utilização de materiais alternativos, assim pode-se reutilizar os materiais que provavelmente seriam jogados no lixo. Após a aula no laboratório de química uma análise foi realizada e revelou que a experimentação contribui para o dinamismo e promove a efetivação da aprendizagem significativa da ciência química.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.