Artigo Anais IV CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A EXPERIMENTAÇÃO COMO RECURSO FACILITADOR NO ENSINO DA TERMOQUÍMICA

Palavra-chaves: EXPERIMENTAÇÃO, TERMOQUÍMICA, ENSINO APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) GT 16 – Ensino de Ciências
"2017-12-20 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 35197
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4987
    "inscrito_id" => 775
    "titulo" => "A EXPERIMENTAÇÃO COMO RECURSO FACILITADOR NO ENSINO DA TERMOQUÍMICA"
    "resumo" => "Os professores de química em sua maioria ainda adotam o método tradicional de ensino em suas aulas sendo estes baseadas num aglomerado de símbolos, tabelas, regras, fórmulas e reações o que acaba por desvincular a Química do cotidiano e do interesse dos estudantes, neste tipo de método o conhecimento científico é apresentado como mais um “conteúdo”, sem que seja estudado o desenvolvimento, sem emoção, sem busca, sem motivação, ante o apresentado uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos professores é desmistificar a visão tradicional sobre a Química tornando-a desta forma uma disciplina mais interessante para os discentes, motivando-os para o aprendizado, uma vez que os conteúdos de química são vistos no ensino médio como assuntos desinteressante pelos estudantes e apesar de possuir temas totalmente presentes em suas vidas, uma quantidade significativa de alunos não conseguem associa-los e relacioná-los com o cotidiano. Uma alternativa para melhorar o processo ensino-aprendizagem, seria utilizar atividades experimentais em sala de aula de forma contextualizada, uma vez que esta promove, ao estudante, a possibilidade de relacionar os conteúdos de química com o meio em que vive, tornando o ensino desta disciplina mais interessante. Diante o exposto, a esta pesquisa teve como objetivo avaliar a aprendizagem dos alunos após uma atividade experimental envolvendo o conteúdo de Termoquímica. a pesquisa foi realizada em uma escola estadual pública da rede de ensino, localizada na cidade de Areia-PB. Tendo como público alvo uma turma de 2ª Serie (Ano) de ensino médio, composta por 27 alunos. Os resultados obtidos nesta pesquisa revelam que a utilização da experimentação contribui para o processo de aprendizagem dos discentes, podendo então ser utilizada como um recurso facilitador, capaz de despertar o interesse do aluno pelo conteúdo e proporcionar a curiosidade em relação aos conceitos de química. Ambos os experimentos são desenvolvidos de maneira alternativa, relacionados com o cotidiano dos alunos, facilitando na motivação e no interesse por parte dos alunos, bem como na valorização do ensino aprendizagem para mesmos."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "EXPERIMENTAÇÃO, TERMOQUÍMICA, ENSINO APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA16_ID775_25102017170207.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JEFFERSON BONIFACIO SILVA"
    "autor_nome_curto" => "JEFFERSON"
    "autor_email" => "jeffersonbonny20@gmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 35197
    "edicao_id" => 77
    "trabalho_id" => 4987
    "inscrito_id" => 775
    "titulo" => "A EXPERIMENTAÇÃO COMO RECURSO FACILITADOR NO ENSINO DA TERMOQUÍMICA"
    "resumo" => "Os professores de química em sua maioria ainda adotam o método tradicional de ensino em suas aulas sendo estes baseadas num aglomerado de símbolos, tabelas, regras, fórmulas e reações o que acaba por desvincular a Química do cotidiano e do interesse dos estudantes, neste tipo de método o conhecimento científico é apresentado como mais um “conteúdo”, sem que seja estudado o desenvolvimento, sem emoção, sem busca, sem motivação, ante o apresentado uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos professores é desmistificar a visão tradicional sobre a Química tornando-a desta forma uma disciplina mais interessante para os discentes, motivando-os para o aprendizado, uma vez que os conteúdos de química são vistos no ensino médio como assuntos desinteressante pelos estudantes e apesar de possuir temas totalmente presentes em suas vidas, uma quantidade significativa de alunos não conseguem associa-los e relacioná-los com o cotidiano. Uma alternativa para melhorar o processo ensino-aprendizagem, seria utilizar atividades experimentais em sala de aula de forma contextualizada, uma vez que esta promove, ao estudante, a possibilidade de relacionar os conteúdos de química com o meio em que vive, tornando o ensino desta disciplina mais interessante. Diante o exposto, a esta pesquisa teve como objetivo avaliar a aprendizagem dos alunos após uma atividade experimental envolvendo o conteúdo de Termoquímica. a pesquisa foi realizada em uma escola estadual pública da rede de ensino, localizada na cidade de Areia-PB. Tendo como público alvo uma turma de 2ª Serie (Ano) de ensino médio, composta por 27 alunos. Os resultados obtidos nesta pesquisa revelam que a utilização da experimentação contribui para o processo de aprendizagem dos discentes, podendo então ser utilizada como um recurso facilitador, capaz de despertar o interesse do aluno pelo conteúdo e proporcionar a curiosidade em relação aos conceitos de química. Ambos os experimentos são desenvolvidos de maneira alternativa, relacionados com o cotidiano dos alunos, facilitando na motivação e no interesse por parte dos alunos, bem como na valorização do ensino aprendizagem para mesmos."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 16 – Ensino de Ciências"
    "palavra_chave" => "EXPERIMENTAÇÃO, TERMOQUÍMICA, ENSINO APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV073_MD1_SA16_ID775_25102017170207.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:20"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:28:00"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JEFFERSON BONIFACIO SILVA"
    "autor_nome_curto" => "JEFFERSON"
    "autor_email" => "jeffersonbonny20@gmail.co"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA (UFPB)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais IV CONEDU"
    "edicao_evento" => "IV Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2017"
    "edicao_logo" => "5e4a048a72ec9_17022020001210.jpg"
    "edicao_capa" => "5f18486b9c352_22072020110843.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-20 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 20 de dezembro de 2017

Resumo

Os professores de química em sua maioria ainda adotam o método tradicional de ensino em suas aulas sendo estes baseadas num aglomerado de símbolos, tabelas, regras, fórmulas e reações o que acaba por desvincular a Química do cotidiano e do interesse dos estudantes, neste tipo de método o conhecimento científico é apresentado como mais um “conteúdo”, sem que seja estudado o desenvolvimento, sem emoção, sem busca, sem motivação, ante o apresentado uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos professores é desmistificar a visão tradicional sobre a Química tornando-a desta forma uma disciplina mais interessante para os discentes, motivando-os para o aprendizado, uma vez que os conteúdos de química são vistos no ensino médio como assuntos desinteressante pelos estudantes e apesar de possuir temas totalmente presentes em suas vidas, uma quantidade significativa de alunos não conseguem associa-los e relacioná-los com o cotidiano. Uma alternativa para melhorar o processo ensino-aprendizagem, seria utilizar atividades experimentais em sala de aula de forma contextualizada, uma vez que esta promove, ao estudante, a possibilidade de relacionar os conteúdos de química com o meio em que vive, tornando o ensino desta disciplina mais interessante. Diante o exposto, a esta pesquisa teve como objetivo avaliar a aprendizagem dos alunos após uma atividade experimental envolvendo o conteúdo de Termoquímica. a pesquisa foi realizada em uma escola estadual pública da rede de ensino, localizada na cidade de Areia-PB. Tendo como público alvo uma turma de 2ª Serie (Ano) de ensino médio, composta por 27 alunos. Os resultados obtidos nesta pesquisa revelam que a utilização da experimentação contribui para o processo de aprendizagem dos discentes, podendo então ser utilizada como um recurso facilitador, capaz de despertar o interesse do aluno pelo conteúdo e proporcionar a curiosidade em relação aos conceitos de química. Ambos os experimentos são desenvolvidos de maneira alternativa, relacionados com o cotidiano dos alunos, facilitando na motivação e no interesse por parte dos alunos, bem como na valorização do ensino aprendizagem para mesmos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo

Infelizmente, não conseguimos localizar o arquivo para download. Mas não se preocupe, nossa equipe já foi notificada do problema e já estamos trabalhando para a resolução! Tente novamente mais tarde!

Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.