Artigo Anais V CIEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-0854

ORIENTAÇÕES DE SAÚDE A IDOSOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UM PROJETO DE EXTENSÃO

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO EM SAÚDE, IDOSOS, ENVELHECIMENTO, HIPERTENSÃO ARTERIAL, HIPERTENSÃO ARTERIAL Pôster (PO) AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido
"2017-12-19 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 34634
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 76
    "inscrito_id" => 177
    "titulo" => "ORIENTAÇÕES DE SAÚDE A IDOSOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UM PROJETO DE EXTENSÃO"
    "resumo" => "O envelhecimento é uma fase natural da vida em que o indivíduo enfrenta mudanças significativas no seu cotidiano, e para que esse processo ocorra como experiência positiva, deve ser acompanhada de oportunidades contínuas de saúde, principalmente quando se predomina patologias como hipertensão e diabetes, que se apresentam como as principais doenças crônicas que acometem idosos no brasil. Diante disso, politicas públicas foram criadas com o intuito de favorecer a promoção, proteção e reabilitação da saúde da pessoa idosa para ela possa viver essa fase de maneira mais agradável possível. Nesse cenário o profissional de saúde tem em mãos diversas ferramentas que facilitam o trabalho com esse público, sendo uma delas a educação em saúde, onde o profissional vai promover o empoderamento da pessoa idosa, tornando-a protagonista do processo do cuidado e favorecendo a adoção de hábitos saudáveis para que possa evitar complicações provenientes da progressão das patologias e da não adesão ao tratamento. Nesse sentido, o presente estudo objetiva relatar a experiência da educação em saúde a idosos, através de um projeto de extensão universitária. A metodologia utilizada consiste no desenvolvimento de oficinas, palestras e confecção de cartilhas educativas que abordavam os temas como cuidados com higiene, atividade física específica para idosos, alimentação saudável, modificações corporais e emocionais, orientações e incentivo para o uso correto da medicação, entre outros. O projeto foi desenvolvido com um grupo de idosos assistidos pelo programa Hiperdia no município de Cajazeiras/PB. E os resultados evidenciam dois eixos, o primeiro demonstra que as ações educativas na assistência ao envelhecimento proporcionam maior discernimento sobre as patologias associadas e qualidade de vida e, o segundo, impõe ao graduando um olhar mais crítico quanto à assistência à saúde. Sendo assim, o projeto denota grande relevância social e educacional tanto para os alunos participantes, como para a população, mostrando-se de grande importância para o fortalecimento de vínculos entre profissional e comunidade."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO EM SAÚDE, IDOSOS, ENVELHECIMENTO, HIPERTENSÃO ARTERIAL, HIPERTENSÃO ARTERIAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA8_ID177_07092017164522.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:34"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ AUGUSTO DE SOUSA RODRIGUES"
    "autor_nome_curto" => "JOSÉ AUGUSTO"
    "autor_email" => "joseaugustoat41@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (UFCG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 34634
    "edicao_id" => 76
    "trabalho_id" => 76
    "inscrito_id" => 177
    "titulo" => "ORIENTAÇÕES DE SAÚDE A IDOSOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UM PROJETO DE EXTENSÃO"
    "resumo" => "O envelhecimento é uma fase natural da vida em que o indivíduo enfrenta mudanças significativas no seu cotidiano, e para que esse processo ocorra como experiência positiva, deve ser acompanhada de oportunidades contínuas de saúde, principalmente quando se predomina patologias como hipertensão e diabetes, que se apresentam como as principais doenças crônicas que acometem idosos no brasil. Diante disso, politicas públicas foram criadas com o intuito de favorecer a promoção, proteção e reabilitação da saúde da pessoa idosa para ela possa viver essa fase de maneira mais agradável possível. Nesse cenário o profissional de saúde tem em mãos diversas ferramentas que facilitam o trabalho com esse público, sendo uma delas a educação em saúde, onde o profissional vai promover o empoderamento da pessoa idosa, tornando-a protagonista do processo do cuidado e favorecendo a adoção de hábitos saudáveis para que possa evitar complicações provenientes da progressão das patologias e da não adesão ao tratamento. Nesse sentido, o presente estudo objetiva relatar a experiência da educação em saúde a idosos, através de um projeto de extensão universitária. A metodologia utilizada consiste no desenvolvimento de oficinas, palestras e confecção de cartilhas educativas que abordavam os temas como cuidados com higiene, atividade física específica para idosos, alimentação saudável, modificações corporais e emocionais, orientações e incentivo para o uso correto da medicação, entre outros. O projeto foi desenvolvido com um grupo de idosos assistidos pelo programa Hiperdia no município de Cajazeiras/PB. E os resultados evidenciam dois eixos, o primeiro demonstra que as ações educativas na assistência ao envelhecimento proporcionam maior discernimento sobre as patologias associadas e qualidade de vida e, o segundo, impõe ao graduando um olhar mais crítico quanto à assistência à saúde. Sendo assim, o projeto denota grande relevância social e educacional tanto para os alunos participantes, como para a população, mostrando-se de grande importância para o fortalecimento de vínculos entre profissional e comunidade."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "AT-08: Envelhecimento Ativo e Bem sucedido"
    "palavra_chave" => "EDUCAÇÃO EM SAÚDE, IDOSOS, ENVELHECIMENTO, HIPERTENSÃO ARTERIAL, HIPERTENSÃO ARTERIAL"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV075_MD4_SA8_ID177_07092017164522.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:19"
    "updated_at" => "2020-06-09 18:49:34"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ AUGUSTO DE SOUSA RODRIGUES"
    "autor_nome_curto" => "JOSÉ AUGUSTO"
    "autor_email" => "joseaugustoat41@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE (UFCG)"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-v-cieh"
    "edicao_nome" => "Anais V CIEH"
    "edicao_evento" => "V Congresso Internacional de Envelhecimento Humano"
    "edicao_ano" => 2017
    "edicao_pasta" => "anais/cieh/2017"
    "edicao_logo" => "5e49e719ef6ea_16022020220633.jpg"
    "edicao_capa" => "5f182cfe0d414_22072020091142.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2017-12-19 23:00:00"
    "publicacao_id" => 10
    "publicacao_nome" => "Anais do Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH)"
    "publicacao_codigo" => "2318-0854"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 19 de dezembro de 2017

Resumo

O envelhecimento é uma fase natural da vida em que o indivíduo enfrenta mudanças significativas no seu cotidiano, e para que esse processo ocorra como experiência positiva, deve ser acompanhada de oportunidades contínuas de saúde, principalmente quando se predomina patologias como hipertensão e diabetes, que se apresentam como as principais doenças crônicas que acometem idosos no brasil. Diante disso, politicas públicas foram criadas com o intuito de favorecer a promoção, proteção e reabilitação da saúde da pessoa idosa para ela possa viver essa fase de maneira mais agradável possível. Nesse cenário o profissional de saúde tem em mãos diversas ferramentas que facilitam o trabalho com esse público, sendo uma delas a educação em saúde, onde o profissional vai promover o empoderamento da pessoa idosa, tornando-a protagonista do processo do cuidado e favorecendo a adoção de hábitos saudáveis para que possa evitar complicações provenientes da progressão das patologias e da não adesão ao tratamento. Nesse sentido, o presente estudo objetiva relatar a experiência da educação em saúde a idosos, através de um projeto de extensão universitária. A metodologia utilizada consiste no desenvolvimento de oficinas, palestras e confecção de cartilhas educativas que abordavam os temas como cuidados com higiene, atividade física específica para idosos, alimentação saudável, modificações corporais e emocionais, orientações e incentivo para o uso correto da medicação, entre outros. O projeto foi desenvolvido com um grupo de idosos assistidos pelo programa Hiperdia no município de Cajazeiras/PB. E os resultados evidenciam dois eixos, o primeiro demonstra que as ações educativas na assistência ao envelhecimento proporcionam maior discernimento sobre as patologias associadas e qualidade de vida e, o segundo, impõe ao graduando um olhar mais crítico quanto à assistência à saúde. Sendo assim, o projeto denota grande relevância social e educacional tanto para os alunos participantes, como para a população, mostrando-se de grande importância para o fortalecimento de vínculos entre profissional e comunidade.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.