Artigo Anais IV SINALGE

ANAIS de Evento

ISSN: 2527-0028

A MANTA E SEUS QUADRADINHOS: ESTRATÉGIAS PARA LEITURA DOS PEQUENOS

Palavra-chaves: LITERATURA INFANTIL, MEMORIAS, ESTRATÉGIAS DE LEITURA Comunicação Oral (CO) GT17-LITERATURA INFANTOJUVENIL E DIVERSIDADE DE GÊNEROS LITERÁRIOS Publicado em 27 de abril de 2017

Resumo

A MANTA E SEUS QUADRADINHOS: ESTRATÉGIAS PARA LEITURA DOS PEQUENOS Risoneide Ribeiro do Nascimento Universidade Federal de Campina Grande, Faculdade Integrada de Patos –risoneideribeiroufcg@hotmail.com Márcia Tavares Universidade Federal de Campina Grande - tavares.ufcg@gmail.com Resumo: Este artigo realizará uma breve discussão a respeito da literatura Infantil como parte essencial do universo da criança, tendo em vista sua capacidade de atender as necessidades intelectuais, imaginária e estética. Uma vez inserido no universo letrado, esse sujeito leitor deve ser levado a relacionar informações e construir estratégias para compreender as narrativas que lhe são apresentadas. Neste sentido, apresentaremos a análise do livro infantil, A Manta: uma história aos quadrinhos (de tecido) (2010), de autoria da Isabel Minhós Martins e Ilustrações da Yara Kono. O enredo gira em torno da relação estabelecida entre a memória e o valor afetivo familiar construído através da manta de retalhos da matriarca. As lembranças são recordadas e recontadas pela avó de forma doce e singela através das histórias costuradas em cada retalho, como se fosse um álbum de fotografias que remete ao passado. Ainda apresentaremos uma proposta de leitura fundamentada em pontos de estratégias de leitura discutida por SOUZA e GIROTTO (2010), para discussão de considerações relevantes no ensino de estratégias de leitura para crianças da educação infantil. Neste sentido para fundamentar nossas observações, utilizaremos AGUIAR (2001), para discussão do conceito de Literatura Infantil; FARIA (2004) e RAMOS (2013) sobre a articulação do texto infantil com as imagens, Palavras Chave: Literatura Infantil, Memorias, Estratégias de Leitura.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.