Artigo Anais VIII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

AVALIAÇÃO EPIDEMIOLOGICA DA LEISHMANIOSE VISCERAL NA CIDADE DE IMPERATRIZ, MARANHÃO.

Palavra-chaves: VISCERAL, EPIDEMIOLOGIA, IMPERATRIZ-MA Comunicação Oral (CO) GT 31 – EDUCAÇÃO E SAÚDE
"2016-11-09 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 25075
    "edicao_id" => 52
    "trabalho_id" => 1252
    "inscrito_id" => 1991
    "titulo" => "AVALIAÇÃO EPIDEMIOLOGICA DA LEISHMANIOSE VISCERAL NA CIDADE DE IMPERATRIZ, MARANHÃO."
    "resumo" => "A Leishmaniose Visceral (LV) é uma doença infecciosa, de evolução rápida, marcada por febre irregular de intensidade média e de longa duração, entre as formas clínicas das leishmanioses, a LV ou calazar constitui-se a mais grave, pois, quando não tratada adequadamente, determina elevados índices de letalidade. O Maranhão foi o Estado do Nordeste com maior número de notificações durante o período de 2000 a 2008, totalizando 5.052 casos, mantendo uma média de mais de 500 casos por ano. Nos anos de 2010 a 2015 de acordo com os dados obtidos, no Município de Imperatriz-MA foram registrados 118 casos de LV uma média de 19,6 casos por ano, onde os homens são os mais infectados com 58,47% de todos os casos notificados."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 31 – EDUCAÇÃO E SAÚDE"
    "palavra_chave" => "VISCERAL, EPIDEMIOLOGIA, IMPERATRIZ-MA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV057_MD1_SA31_ID1991_30092016202017.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:11"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:47:18"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "NATÃ SILVA DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "NATÃ SILVA"
    "autor_email" => "natan.silva0@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-viii-fiped"
    "edicao_nome" => "Anais VIII FIPED"
    "edicao_evento" => "VIII Fórum Internacional de Pedagogia"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/fiped/2016"
    "edicao_logo" => "5e488d75d4c39_15022020213149.png"
    "edicao_capa" => "5f186e058f295_22072020134909.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 1
    "publicacao_nome" => "Revista FIPED"
    "publicacao_codigo" => "2316-1086"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 25075
    "edicao_id" => 52
    "trabalho_id" => 1252
    "inscrito_id" => 1991
    "titulo" => "AVALIAÇÃO EPIDEMIOLOGICA DA LEISHMANIOSE VISCERAL NA CIDADE DE IMPERATRIZ, MARANHÃO."
    "resumo" => "A Leishmaniose Visceral (LV) é uma doença infecciosa, de evolução rápida, marcada por febre irregular de intensidade média e de longa duração, entre as formas clínicas das leishmanioses, a LV ou calazar constitui-se a mais grave, pois, quando não tratada adequadamente, determina elevados índices de letalidade. O Maranhão foi o Estado do Nordeste com maior número de notificações durante o período de 2000 a 2008, totalizando 5.052 casos, mantendo uma média de mais de 500 casos por ano. Nos anos de 2010 a 2015 de acordo com os dados obtidos, no Município de Imperatriz-MA foram registrados 118 casos de LV uma média de 19,6 casos por ano, onde os homens são os mais infectados com 58,47% de todos os casos notificados."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 31 – EDUCAÇÃO E SAÚDE"
    "palavra_chave" => "VISCERAL, EPIDEMIOLOGIA, IMPERATRIZ-MA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV057_MD1_SA31_ID1991_30092016202017.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:11"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:47:18"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "NATÃ SILVA DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "NATÃ SILVA"
    "autor_email" => "natan.silva0@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-viii-fiped"
    "edicao_nome" => "Anais VIII FIPED"
    "edicao_evento" => "VIII Fórum Internacional de Pedagogia"
    "edicao_ano" => 2016
    "edicao_pasta" => "anais/fiped/2016"
    "edicao_logo" => "5e488d75d4c39_15022020213149.png"
    "edicao_capa" => "5f186e058f295_22072020134909.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2016-11-09 00:00:00"
    "publicacao_id" => 1
    "publicacao_nome" => "Revista FIPED"
    "publicacao_codigo" => "2316-1086"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 09 de novembro de 2016

Resumo

A Leishmaniose Visceral (LV) é uma doença infecciosa, de evolução rápida, marcada por febre irregular de intensidade média e de longa duração, entre as formas clínicas das leishmanioses, a LV ou calazar constitui-se a mais grave, pois, quando não tratada adequadamente, determina elevados índices de letalidade. O Maranhão foi o Estado do Nordeste com maior número de notificações durante o período de 2000 a 2008, totalizando 5.052 casos, mantendo uma média de mais de 500 casos por ano. Nos anos de 2010 a 2015 de acordo com os dados obtidos, no Município de Imperatriz-MA foram registrados 118 casos de LV uma média de 19,6 casos por ano, onde os homens são os mais infectados com 58,47% de todos os casos notificados.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.