Artigo Anais I CNEH

ANAIS de Evento

ISSN: 2526-1908

Visualizações: 204
PROJETO DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL NA TERCEIRA IDADE POR RESIDENTES MULTIPROFISSIONAIS DE ATENÇÃO BÁSICA

Palavra-chaves: SAÚDE BUCAL, IDOSOS, EDUCAÇÃO EM SAÚDE Pôster (PO) / Poster Submission AT-5: ODONTOGERIATRIA Publicado em 23 de novembro de 2016

Resumo

Como consequência do rápido processo de envelhecimento vivenciado pelo Brasil nos últimos anos, a estrutura da população tende a sofrer uma mudança radical. O grande aumento no número absoluto de idosos e da longevidade, levam continuamente a necessidade de construção de políticas ou estratégias voltadas para o cuidado a pessoa idosa em diversos aspectos que alcançam idades avançadas com uma degeneração gradativa de saúde. Mediante essas constatações, fica clara, a necessidade da incorporação de planos educativos, que possuam eficácia quanto à promoção da saúde bucal dos idosos.Diante disto, este trabalho objetivou-se em descrever, um relato de experiência vivenciada por odontólogos residentes multiprofissionais em atenção básica de um projeto de educação em saúde bucal para com um grupo de idosos, no município de Mossoró/RN. Trata-se de um estudo descritivo do tipo estudo de caso, de caráter qualitativo, com intuito de expor uma análise sobre o projeto de educação em saúde bucal na terceira idade realizada com o grupo de idosos do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), conduzida pela equipe de dentistas Residentes Multiprofissionais em Atenção Básica e Saúde da Família e Comunidade, na cidade de Mossoró/RN, entre abril e agosto de 2016. A implementação do projeto educativo se deu a partir do mês de abril de 2016, em parceria com o CRAS, com um encontro mensal abordando um tema específico na área de saúde bucal, sempre na última quarta-feira do mês. A partir dos resultados, pode-se destacar a relevância da educação em saúde bucal para a promoção do envelhecimento saudável. Além disso, a importância da participação da família nas atividades educativas e que estas devem satisfazer as necessidades dos idosos.Somente estimulando a capacidade do idoso para o autocuidado à saúde bucal será proporcionada sua autonomia e independência, como também a promoção do senso de autoestima.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.