Artigo Anais ABRALIC

ANAIS de Evento

ISSN: 2317-157X

Visualizações: 184
“RAIZ QUADRADA DE MENOS UM”, CONTO DEGENERADO DE SAMUEL RAWET

Resumo

A investigação da arquitetura do conto rawetiano e a explicitação das posições temático-formais utilizadas pelo contista na prática de sua narrativa se configuram como objetivos iniciais do trabalho. Para a realização do intento, selecionamos o conto “Raiz quadrada de menos um”, da coletânea Os sete sonhos, 1967. Na literatura rawetiana, a pesquisa epistemológica do conto se dá na estruturação do texto e nos desejos de seu narrador em face da construção de um conto/novela no qual pretende fundir a passagem da morte de Sócrates e os delírios paranoicos de um epilético. O trabalho verifica, por fim, que, na prosa de Rawet, o degenerar-se se concretiza, basicamente, em duas estratégias: a primeira relaciona-se ao encadeamento narrativo, ou seja, no conto que, construído com base na economia linguística, excede-se nos universos referenciais possíveis, mencionados de forma dissimuladamente aleatória e ingênua, por meios de procedimentos extenuados no elencar de referências que extrapolam o literário; a segunda estratégia gira em torno da falsa negação da narrativa, o que resulta no conto a ser construído, a ser narrado. O recorte compõe um universo mais amplo e o resultado pretendido é a elaboração de um projeto de doutorado sobre as questões aventadas nessa breve comunicação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.