Artigo Anais VII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 200
O ENSINO DE MECÂNICA NO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO: UM ESTUDO NA ESCOLA HELENITA LOPES GURGEL VALENTE, EM FORTIM/CE

Palavra-chaves: FÍSICA, ENSINO DE MECÂNICA, 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Ensino de Ciências e Educação Ambiental

Resumo

Este artigo tem como principal objetivo identificar os principais motivos e desafios que são encontrados por alunos da 1ª série da Escola de Ensino Médio Helenita Lopes Gurgel Valente referentes ao estudo de Física com especificidade voltada para o ensino-aprendizagem da Mecânica. Nesse sentido, parte-se das seguintes questões: por que os alunos da 1ª série da escola supracitada encontram tantas dificuldades quanto ao ensino-aprendizagem da Física, especificamente da Mecânica? Essa indagação leva à reflexão sobre o que os educandos pensam a respeito desse conteúdo pertencente a uma das disciplinas que mais reprovam hoje no Ensino Médio na realidade pesquisada. Por isso, a preocupação de fazer um estudo para tentar identificar as principais dificuldades desses discentes, o qual tem como finalidade a tomada de providências que contribuam para sanar Valente, entre 14 e 18 de agosto de 2014. O instrumento de pesquisa foi o questionário e teve como foco central detectar a problemática elencada: os principais obstáculos que os aprendizes da 1ª série do Ensino Fundamental demonstram encontrar em relação ao ensino-aprendizagem de Física, especificamente no estudo da Mecânica.ou amenizar essa situação. Esta pesquisa foi desenvolvida através de um estudo qualitativo com pesquisa bibliográfica e auxiliada com pesquisa de campo, na qual foram utilizadas fontes secundárias de obras e documentos do Governo Federal brasileiro. Já em relação à pesquisa de campo, importa destacar que se apoia em questões abertas feitas a professores e a alunos da 1ª série secundária da Escola Helenita Lopes Gurgel na cidade de Fortim, estado do Ceará.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.