Artigo Anais VII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

ENSINO DE QUÍMICA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PRÁTICA PEDAGÓGICA

Palavra-chaves: DOCÊNCIA, CONTEXTUALIZAÇÃO, AULAS PRÁTICAS Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Formação, Profissionalização e Trabalho Docente
"2015-11-11 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 17564
    "edicao_id" => 40
    "trabalho_id" => 247
    "inscrito_id" => 723
    "titulo" => "ENSINO DE QUÍMICA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PRÁTICA PEDAGÓGICA"
    "resumo" => "A Química está relacionada ás necessidades básicas dos seres humanos – alimentação, vestuário, saúde, moradia, transporte, etc. – e todo cidadão deve compreender esses fatores. O aprendizado da Química é vital para o entendimento de absolutamente tudo o que nos rodeia, permitindo traçar parâmetros para avaliar o nosso desenvolvimento social e econômico e, com isso, exercer nossa cidadania. O ensino de química deve possibilitar a compreensão das transformações químicas que ocorrem no mundo físico de forma abrangente e integrada para que os indivíduos possam agir como indivíduos e cidadãos de uma sociedade em constante mudança. Assim, a formação docente deve estimular uma perspectiva crítico-reflexiva, que forneça aos futuros professores os meios para um pensamento crítico e que facilite as dinâmicas de autoformação participada, que implica num investimento pessoal, buscando construir uma identidade, que é também uma identidade profissional. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo avaliar a formação de professores de química e o reflexo em sua prática docente. Utilizou-se como metodologia a perspectiva etnográfica, com observação de aulas, aplicação de questionários e realização de entrevistas. Verificou-se que os professores tomados como amostra possuem uma excelente prática pedagógica, no entanto, são carentes de recursos tecnológicos, pedagógicos para execução e melhoria de suas aulas, desta forma impossibilitando o desenvolvimento de aulas práticas e interativas que permitam a inter-relação com o cotidiano dos alunos, isentas de contextualização e distante da realidade dos alunos e muitas vezes ultrapassadas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Formação, Profissionalização e Trabalho Docente"
    "palavra_chave" => "DOCÊNCIA, CONTEXTUALIZAÇÃO, AULAS PRÁTICAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV050_MD1_SA25_ID723_23102015222108.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:46:45"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA MARIA GONÇALVES DUARTE MENDONÇA"
    "autor_nome_curto" => "ANA MARIA GONÇAL"
    "autor_email" => "annamaria.gdm@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-fiped"
    "edicao_nome" => "Anais VII FIPED"
    "edicao_evento" => "VII Fórum Internacional de Pedagogia"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/fiped/2015"
    "edicao_logo" => "5e49ad3cdd9e5_16022020175940.jpg"
    "edicao_capa" => "5f186e1b6894a_22072020134931.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-11-11 00:00:00"
    "publicacao_id" => 1
    "publicacao_nome" => "Revista FIPED"
    "publicacao_codigo" => "2316-1086"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 17564
    "edicao_id" => 40
    "trabalho_id" => 247
    "inscrito_id" => 723
    "titulo" => "ENSINO DE QUÍMICA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES E PRÁTICA PEDAGÓGICA"
    "resumo" => "A Química está relacionada ás necessidades básicas dos seres humanos – alimentação, vestuário, saúde, moradia, transporte, etc. – e todo cidadão deve compreender esses fatores. O aprendizado da Química é vital para o entendimento de absolutamente tudo o que nos rodeia, permitindo traçar parâmetros para avaliar o nosso desenvolvimento social e econômico e, com isso, exercer nossa cidadania. O ensino de química deve possibilitar a compreensão das transformações químicas que ocorrem no mundo físico de forma abrangente e integrada para que os indivíduos possam agir como indivíduos e cidadãos de uma sociedade em constante mudança. Assim, a formação docente deve estimular uma perspectiva crítico-reflexiva, que forneça aos futuros professores os meios para um pensamento crítico e que facilite as dinâmicas de autoformação participada, que implica num investimento pessoal, buscando construir uma identidade, que é também uma identidade profissional. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo avaliar a formação de professores de química e o reflexo em sua prática docente. Utilizou-se como metodologia a perspectiva etnográfica, com observação de aulas, aplicação de questionários e realização de entrevistas. Verificou-se que os professores tomados como amostra possuem uma excelente prática pedagógica, no entanto, são carentes de recursos tecnológicos, pedagógicos para execução e melhoria de suas aulas, desta forma impossibilitando o desenvolvimento de aulas práticas e interativas que permitam a inter-relação com o cotidiano dos alunos, isentas de contextualização e distante da realidade dos alunos e muitas vezes ultrapassadas."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Formação, Profissionalização e Trabalho Docente"
    "palavra_chave" => "DOCÊNCIA, CONTEXTUALIZAÇÃO, AULAS PRÁTICAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV050_MD1_SA25_ID723_23102015222108.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:03"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:46:45"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ANA MARIA GONÇALVES DUARTE MENDONÇA"
    "autor_nome_curto" => "ANA MARIA GONÇAL"
    "autor_email" => "annamaria.gdm@gmail.com"
    "autor_ies" => "UFCG"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vii-fiped"
    "edicao_nome" => "Anais VII FIPED"
    "edicao_evento" => "VII Fórum Internacional de Pedagogia"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/fiped/2015"
    "edicao_logo" => "5e49ad3cdd9e5_16022020175940.jpg"
    "edicao_capa" => "5f186e1b6894a_22072020134931.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-11-11 00:00:00"
    "publicacao_id" => 1
    "publicacao_nome" => "Revista FIPED"
    "publicacao_codigo" => "2316-1086"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 11 de novembro de 2015

Resumo

A Química está relacionada ás necessidades básicas dos seres humanos – alimentação, vestuário, saúde, moradia, transporte, etc. – e todo cidadão deve compreender esses fatores. O aprendizado da Química é vital para o entendimento de absolutamente tudo o que nos rodeia, permitindo traçar parâmetros para avaliar o nosso desenvolvimento social e econômico e, com isso, exercer nossa cidadania. O ensino de química deve possibilitar a compreensão das transformações químicas que ocorrem no mundo físico de forma abrangente e integrada para que os indivíduos possam agir como indivíduos e cidadãos de uma sociedade em constante mudança. Assim, a formação docente deve estimular uma perspectiva crítico-reflexiva, que forneça aos futuros professores os meios para um pensamento crítico e que facilite as dinâmicas de autoformação participada, que implica num investimento pessoal, buscando construir uma identidade, que é também uma identidade profissional. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo avaliar a formação de professores de química e o reflexo em sua prática docente. Utilizou-se como metodologia a perspectiva etnográfica, com observação de aulas, aplicação de questionários e realização de entrevistas. Verificou-se que os professores tomados como amostra possuem uma excelente prática pedagógica, no entanto, são carentes de recursos tecnológicos, pedagógicos para execução e melhoria de suas aulas, desta forma impossibilitando o desenvolvimento de aulas práticas e interativas que permitam a inter-relação com o cotidiano dos alunos, isentas de contextualização e distante da realidade dos alunos e muitas vezes ultrapassadas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.