Artigo Anais VII FIPED

ANAIS de Evento

ISSN: 2316-1086

Visualizações: 179
A IDENTIDADE DO PROFESSOR DE LÍNGUA PORTUGUESA NO CONTEXTO ATUAL: DISCUSSÕES SOB O VIÉS DA FORMAÇÃO DOCENTE

Palavra-chaves: FORMAÇÃO DE PROFESSORES, IDENTIDADE DOCENTE, LÍNGUA PORTUGUESA Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Formação, Profissionalização e Trabalho Docente

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo investigar como se estabelece o processo de formação inicial e continuada de professores como também da identidade docente de profissionais de Língua Portuguesa no ensino superior com base em documentos oficiais. Como aporte teórico nos respaldamos em Pimenta e Lima (2008) com as discussões sobre estágio, pesquisa e docência; Amaral e Veiga (2002) com os estudos sobre a formação docente e da construção da identidade do professor; Nóvoa (1954) enfatizando questões que norteiam os professores e sua formação; Tardif (2011) discutindo os saberes docentes e a formação profissional; e Imbernón (2001) que ressalta a importância dos conhecimentos teóricos e práticos. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, além de se configurar como uma pesquisa descritiva e explicativa. Caracteriza-se como bibliográfica e documental, visto que visa identificar as características de determinada população ou fenômeno, objetivando identificar os fatores que interferem ou condicionam a ocorrência dos fenômenos. Utiliza-se da dedução como procedimento de análise, e o corpus se constitui por recortes de documentos oficiais como os Parâmetros Curriculares Nacionais do ensino médio (PCN+), e na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) – 9.394/96. Os resultados concluídos apontam o perfil do futuro professor de Língua Portuguesa como um profissional crítico-reflexivo, conhecedor da língua, desenvolvedor das habilidades e competências linguísticas e literárias, e por fim, deve ser um profissional engajado com sua autoformação participada.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.