Artigo Anais II CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE HISTÓRIA: UM DILEMA ENTRE A PESQUISA E A SALA DE AULA.

Palavra-chaves: FORMAÇÃO, HISTÓRIA, DOCÊNCIA Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Formação de Professores
"2015-10-14 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 16064
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 786
    "inscrito_id" => 6473
    "titulo" => "FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE HISTÓRIA: UM DILEMA ENTRE A PESQUISA E A SALA DE AULA."
    "resumo" => "Ensinar História é um enorme desafio. No entanto, a História por si só é impotente, sendo necessária a proliferação de seus ideais, fato esse que se consume através do seu ensino. É através do ensino História, e consequentemente de seu profissional maior, o professor, que nos permite sentirmos sujeitos da História, como integrante e participante do processo sócio-histórico, perante um caráter formativo de reflexão sobre nossa própria realidade. Nesse caso é fundamental observarmos de que forma nossos estudantes estão saindo das universidades para encarar esse enorme desafio. Não podermos esquecer que ao sair dos bancos universitários, esses recém-formados passa questionar-se: serei eu mais \tum historiador ou mais um professor? Essa dúvida é trabalhada nesse artigo através da visão de alguns autores e de uma análise quanti-qualitativa de um grupo recém-formados da região de São José dos Campos-SP. Nossos resultados nos mostram o quanto é fundamental revermos o processo formativo de nossos docentes e suas consequências nas salas de aula, perante uma fase que é de extrema importância na formação de um processo identitário do professor."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Formação de Professores"
    "palavra_chave" => "FORMAÇÃO, HISTÓRIA, DOCÊNCIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA4_ID6473_16082015223035.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RODOLFO BENEDITO DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "RODOLFO BENEDITO"
    "autor_email" => "rodolfos@univap.br"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAIBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 16064
    "edicao_id" => 38
    "trabalho_id" => 786
    "inscrito_id" => 6473
    "titulo" => "FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE HISTÓRIA: UM DILEMA ENTRE A PESQUISA E A SALA DE AULA."
    "resumo" => "Ensinar História é um enorme desafio. No entanto, a História por si só é impotente, sendo necessária a proliferação de seus ideais, fato esse que se consume através do seu ensino. É através do ensino História, e consequentemente de seu profissional maior, o professor, que nos permite sentirmos sujeitos da História, como integrante e participante do processo sócio-histórico, perante um caráter formativo de reflexão sobre nossa própria realidade. Nesse caso é fundamental observarmos de que forma nossos estudantes estão saindo das universidades para encarar esse enorme desafio. Não podermos esquecer que ao sair dos bancos universitários, esses recém-formados passa questionar-se: serei eu mais \tum historiador ou mais um professor? Essa dúvida é trabalhada nesse artigo através da visão de alguns autores e de uma análise quanti-qualitativa de um grupo recém-formados da região de São José dos Campos-SP. Nossos resultados nos mostram o quanto é fundamental revermos o processo formativo de nossos docentes e suas consequências nas salas de aula, perante uma fase que é de extrema importância na formação de um processo identitário do professor."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Formação de Professores"
    "palavra_chave" => "FORMAÇÃO, HISTÓRIA, DOCÊNCIA"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV045_MD1_SA4_ID6473_16082015223035.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:01"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:15:05"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RODOLFO BENEDITO DOS SANTOS"
    "autor_nome_curto" => "RODOLFO BENEDITO"
    "autor_email" => "rodolfos@univap.br"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAIBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-ii-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais II CONEDU"
    "edicao_evento" => "II Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2015"
    "edicao_logo" => "5e4a05cfac134_17022020001735.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1848ba64e27_22072020111002.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-10-14 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 14 de outubro de 2015

Resumo

Ensinar História é um enorme desafio. No entanto, a História por si só é impotente, sendo necessária a proliferação de seus ideais, fato esse que se consume através do seu ensino. É através do ensino História, e consequentemente de seu profissional maior, o professor, que nos permite sentirmos sujeitos da História, como integrante e participante do processo sócio-histórico, perante um caráter formativo de reflexão sobre nossa própria realidade. Nesse caso é fundamental observarmos de que forma nossos estudantes estão saindo das universidades para encarar esse enorme desafio. Não podermos esquecer que ao sair dos bancos universitários, esses recém-formados passa questionar-se: serei eu mais um historiador ou mais um professor? Essa dúvida é trabalhada nesse artigo através da visão de alguns autores e de uma análise quanti-qualitativa de um grupo recém-formados da região de São José dos Campos-SP. Nossos resultados nos mostram o quanto é fundamental revermos o processo formativo de nossos docentes e suas consequências nas salas de aula, perante uma fase que é de extrema importância na formação de um processo identitário do professor.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.