Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

O SOM DO SILÊNCIO: OS DEPOIMENTOS COMO RECURSO DIDÁTICO AUDIOVISUAL PARA O ENSINO DE HISTÓRIA.

Palavra-chaves: DEPOIMENTOS, PIBID, DITADURA MILITAR Comunicação Oral (CO) Ensino de História e formação docente
"2014-11-21 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10141
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 130
    "inscrito_id" => 79
    "titulo" => "O SOM DO SILÊNCIO: OS DEPOIMENTOS COMO RECURSO DIDÁTICO AUDIOVISUAL PARA O ENSINO DE HISTÓRIA."
    "resumo" => "O presente trabalho exposto é produto das propostas criativas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID, que vêm construindo ao decorrer das suas atividades dentro da escola, meios que dinamizem o ensino, tornando-o mais próximo da realidade do aluno. Nesta perspectiva de homogeneização do ensino de história, há a utilização de recursos didáticos que mostrem caminhos que possam dialogar de forma mais fluida com aquele na educação básica. Desta forma, o PIBID atua como instrumento mediador nessa relação didática, sendo libelo para as propostas pedagógicas dentro da escola. Por hora, o depoimento foi o recurso usado para mediar nossa aula, criando relações possíveis que façam com que o aluno tenha uma visão alargada a respeito da Ditadura Militar.  É sabido que trabalhar com testemunhos que elucidem a Ditadura e seu período caliginoso em nosso país é atual, por proporcionar e dividir opiniões dentro da sala de aula, devido a sua riqueza de conteúdo e detalhes. Logo, este irá acentuar vários desdobramentos dentro da mediação do conhecimento, proporcionando novas abordagens que conceituem o ciclo ditatorial brasileiro. Assim, o ensino de história passa a ter outra acepção saindo do usual, e lançando olhares para o cotidiano, conseguindo fazer pontes de diálogo entre passado e presente, proporcionando saberes dinâmicos e articulados. Na busca de superar o pragmatismo histórico e arrojar seu conhecimento, os depoimentos ganham conotação de destaque, pois este recurso sintetiza de forma adjacente as atrocidades causadas às pessoas que vivenciaram esse momento delicado, onde o sensível é propagado em cada testemunho, criando diálogos plausíveis de compreensão entre professor e aluno, à medida que esse espaço vai sendo recodificando e novas possibilidades vão emergindo, fomentando as relações entre mediador e receptor do conhecimento, qualificando e transformando o discente em reprodutor do processo histórico, desvinculando a disciplina História dos estereótipos de letargia que ainda são presentes dentro das relações de ensino desta disciplina."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Ensino de História  e formação docente"
    "palavra_chave" => "DEPOIMENTOS, PIBID, DITADURA MILITAR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_20_10_2014_19_23_27_idinscrito_79_dd5f3fad5a7a73e69c66dd39aeaf81ba.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SANDEILSON BESERRA NUNES"
    "autor_nome_curto" => "SAN"
    "autor_email" => "sandeilson@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10141
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 130
    "inscrito_id" => 79
    "titulo" => "O SOM DO SILÊNCIO: OS DEPOIMENTOS COMO RECURSO DIDÁTICO AUDIOVISUAL PARA O ENSINO DE HISTÓRIA."
    "resumo" => "O presente trabalho exposto é produto das propostas criativas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID, que vêm construindo ao decorrer das suas atividades dentro da escola, meios que dinamizem o ensino, tornando-o mais próximo da realidade do aluno. Nesta perspectiva de homogeneização do ensino de história, há a utilização de recursos didáticos que mostrem caminhos que possam dialogar de forma mais fluida com aquele na educação básica. Desta forma, o PIBID atua como instrumento mediador nessa relação didática, sendo libelo para as propostas pedagógicas dentro da escola. Por hora, o depoimento foi o recurso usado para mediar nossa aula, criando relações possíveis que façam com que o aluno tenha uma visão alargada a respeito da Ditadura Militar.  É sabido que trabalhar com testemunhos que elucidem a Ditadura e seu período caliginoso em nosso país é atual, por proporcionar e dividir opiniões dentro da sala de aula, devido a sua riqueza de conteúdo e detalhes. Logo, este irá acentuar vários desdobramentos dentro da mediação do conhecimento, proporcionando novas abordagens que conceituem o ciclo ditatorial brasileiro. Assim, o ensino de história passa a ter outra acepção saindo do usual, e lançando olhares para o cotidiano, conseguindo fazer pontes de diálogo entre passado e presente, proporcionando saberes dinâmicos e articulados. Na busca de superar o pragmatismo histórico e arrojar seu conhecimento, os depoimentos ganham conotação de destaque, pois este recurso sintetiza de forma adjacente as atrocidades causadas às pessoas que vivenciaram esse momento delicado, onde o sensível é propagado em cada testemunho, criando diálogos plausíveis de compreensão entre professor e aluno, à medida que esse espaço vai sendo recodificando e novas possibilidades vão emergindo, fomentando as relações entre mediador e receptor do conhecimento, qualificando e transformando o discente em reprodutor do processo histórico, desvinculando a disciplina História dos estereótipos de letargia que ainda são presentes dentro das relações de ensino desta disciplina."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Ensino de História  e formação docente"
    "palavra_chave" => "DEPOIMENTOS, PIBID, DITADURA MILITAR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_20_10_2014_19_23_27_idinscrito_79_dd5f3fad5a7a73e69c66dd39aeaf81ba.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "SANDEILSON BESERRA NUNES"
    "autor_nome_curto" => "SAN"
    "autor_email" => "sandeilson@hotmail.com"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 21 de novembro de 2014

Resumo

O presente trabalho exposto é produto das propostas criativas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID, que vêm construindo ao decorrer das suas atividades dentro da escola, meios que dinamizem o ensino, tornando-o mais próximo da realidade do aluno. Nesta perspectiva de homogeneização do ensino de história, há a utilização de recursos didáticos que mostrem caminhos que possam dialogar de forma mais fluida com aquele na educação básica. Desta forma, o PIBID atua como instrumento mediador nessa relação didática, sendo libelo para as propostas pedagógicas dentro da escola. Por hora, o depoimento foi o recurso usado para mediar nossa aula, criando relações possíveis que façam com que o aluno tenha uma visão alargada a respeito da Ditadura Militar. É sabido que trabalhar com testemunhos que elucidem a Ditadura e seu período caliginoso em nosso país é atual, por proporcionar e dividir opiniões dentro da sala de aula, devido a sua riqueza de conteúdo e detalhes. Logo, este irá acentuar vários desdobramentos dentro da mediação do conhecimento, proporcionando novas abordagens que conceituem o ciclo ditatorial brasileiro. Assim, o ensino de história passa a ter outra acepção saindo do usual, e lançando olhares para o cotidiano, conseguindo fazer pontes de diálogo entre passado e presente, proporcionando saberes dinâmicos e articulados. Na busca de superar o pragmatismo histórico e arrojar seu conhecimento, os depoimentos ganham conotação de destaque, pois este recurso sintetiza de forma adjacente as atrocidades causadas às pessoas que vivenciaram esse momento delicado, onde o sensível é propagado em cada testemunho, criando diálogos plausíveis de compreensão entre professor e aluno, à medida que esse espaço vai sendo recodificando e novas possibilidades vão emergindo, fomentando as relações entre mediador e receptor do conhecimento, qualificando e transformando o discente em reprodutor do processo histórico, desvinculando a disciplina História dos estereótipos de letargia que ainda são presentes dentro das relações de ensino desta disciplina.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.