Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 194
EMBATES ENTRE UNIVERSIDADE E ESCOLA NO PROJETO PIBID: HISTÓRIAS DE FORMAÇÃO DO “PROFESSOR FORMADOR”

Palavra-chaves: PIBID, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, REFLEXÃO Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DOCENTE: SABERES, SUJEITOS E PRÁTICAS Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O projeto PIBID (Programa de Bolsas de Iniciação à docência), financiado pela CAPES, permite a alunos de cursos de licenciatura a realização de um estágio acompanhado por professores universitários e da Educação Básica. Atualmente, a FCL-UNESP/Assis possui cinco subprojetos PIBID de áreas diversas. No espaço desse trabalho discorrerei sobre as relações efetivas que se estabelecem entre os membros dos dois segmentos envolvidos a saber, escola e universidade. No âmbito da universidade observo a ação de professores coordenadores e, no âmbito da escola pública, os professores que atuam como supervisores dos bolsistas que realizam os “estágios de iniciação à docência”. Os dados de maneira geral são representados por minhas próprias histórias de formadora construídas em espaços de diálogos e compartilhamentos entre docentes universitários, professores supervisores e alunos bolsistas. Ressalto as narrativas produzidas no ambiente virtual facebook, ferramenta criada para auxiliar na gestão do grupo. Sendo assim, a partir dos pressupostos que sustentam a concepção de professor como um profissional reflexivo, de espaços híbridos de formação docente (ZEICHNER, 2010) procuro compreender, mais detidamente, o processo de formação dos professores coordenadores, vinculados diretamente à universidade. Como forma de materializar esse estudo ancora-me um estudo de caso de cunho narrativo (CLANDININ e CONNELLY, 1995), baseado nas minhas próprias histórias de formadora em formação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.