Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

Visualizações: 210
EMILY DICKINSON NO ENSINO MÉDIO: UMA PROPOSTA DO USO DA POESIA NAS AULAS DE LÍNGUA INGLESA

Palavra-chaves: PIBID, LITERATURA NORTE-AMERICANA, EMILY DICKINSON Comunicação Oral (CO) Abordagens em língua inglesa: reflexões e práticas docentes no contexto de formação inicial e continuada Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

"O ensino da literatura nas aulas de Língua Inglesa (LI) é bastante escasso. Ainda estamos distantes de um modelo de escola que priorize a inserção da literatura e seus diversos gêneros, dentre eles, a poesia, muito além das atividades gramaticais, sendo uma ferramenta útil e viabilizadora do ensino da Língua Inglesa, fugindo-se assim, do formato tradicional (e antiquado), que vem sendo aplicado nas aulas da rede pública, “pois os alunos se cansam de ter o mesmo tipo de aula em torno de itens gramaticais ao longo de todo o percurso escolar” (OLIVEIRA E PAIVA, 2009). Tendo em vista este problema, e sabendo da importância e os benefícios em se trabalhar com este gênero textual, pois como cita Pound (2006): “Literatura é novidade que permanece novidade” e que “Literatura é linguagem carregada de significado”, como proposta para o IV Encontro Nacional de Iniciação à Docência (IV ENID), optamos dentre tantos gêneros literários, trabalhar com a poesia da autora norte-americana Emily Dickinson, que nos proporcionou a inserção, com suavidade, ritmo e beleza, do gênero poético nas aulas de Língua Inglesa. O presente trabalho é um relato de experiência de pesquisadores do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), mediante um módulo temático, e tem como principal objetivo mostrar a importância das estratégias para se trabalhar o gênero poesia nas aulas de Língua Inglesa, com o propósito de fortalecer o ensino e a aprendizagem de LI, além de influenciar a prática da leitura, despertar o interesse dos alunos pela poesia Dickinsoniana, e principalmente melhorar as habilidades dos alunos na língua em questão."

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.