Artigo E-book 1: VI CONEDU

E-books

ISBN: 978-65-86901-07-8

Visualizações: 144
A INVESTIGAÇÃO DA EROSÃO FLUVIAL DO RIO GUAMÁ, BELÉM (PA), VISANDO A DETECÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS EM ESTÁGIO CRÍTICO, UTILIZANDO O MÉTODO POTENCIAL ESPONTÂNEO

Palavra-chaves: EROSÃO FLUVIAL, SP, GEOTÉCNICA, , E-book GT 20 - Educação Profissional e Tecnológica

Resumo

ESTE TRABALHO APRESENTA ESTUDO GEOFÍSICO DE PARTE DE ORLA FLUVIAL SUJEITA À EROSÃO, COM O OBJETIVO PRIMORDIAL DE AVALIAR O SEU USO NA DETECÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS PELA EROSÃO EM ESTÁGIO CRÍTICO, ANTES DE SEU DESMORONAMENTO. ESTA ÁREA ESTÁ SITUADA AO LONGO DE 600 M À MARGEM DO RIO GUAMÁ, ENTRE A PONTE DO RIO TUCUNDUBA E O PORTO DE CANOAGEM, DENTRO DO CAMPUS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ (UFPA), NA CIDADE DE BELÉM NO ESTADO DO PARÁ (BRASIL). CONTA, EM ALGUNS TRECHOS, COM DIFERENTES TIPOS DE CONTENÇÃO DE EROSÃO, ENTRE OS QUAIS MURO DE CONCRETO E SACOS DE CIMENTO. FOI UTILIZADO O MÉTODO: POTENCIAL ESPONTÂNEO (SP), AS MEDIDAS FORAM LEVANTADAS DURANTE A MARÉ BAIXA E A MARÉ ALTA NA TENTATIVA DE MAPEAR OS CAMINHOS PREFERENCIAIS SUBSUPERFICIAIS PARA A ENTRADA DE ÁGUA TRAZIDA PELA MARÉ ALTA E, POR ESSE MEIO, PARA O TRABALHO EROSIVO. OS RESULTADOS DEMONSTRAM QUE O MÉTODO PODE SER UMA FERRAMENTA AUXILIAR NA PREVISÃO DE LOCAIS ONDE A QUEDA EROSIVA DO TERRENO PROVOCADO POR ELA ESTÁ PRESTES A OCORRER.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.