Artigo Anais V CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 64
TENDÊNCIAS DE E-TUTORING EM CÁLCULO VETORIAL E GEOMETRIA ANALÍTICA PARA CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E COMPUTACIONAIS: ESTUDO DE CASO DO PROTUT/UFPB

Palavra-chaves: CIÊNCIAS COMPUTACIONAIS, CIÊNCIAS EXATAS, ESTUDO DE CASO, E-TUTORING, E-TUTORING Pôster (PO) GT 19. Tecnologias e Educação

Resumo

O Programa de Educação Tutorial - PROTUT da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) foi criado em 2014 e hoje faz parte do rol de políticas acadêmicas da universidade para o ensino em cursos de graduação. Distribuído pelos Centros de Ensino nos variados campi, o programa tem entre seus objetivos específicos os seguintes: dar suporte didático-pedagógico para correção de desníveis de conhecimento prévio dos estudantes; auxiliar tutorandos no processo de aprendizagem; fomentar a confiança no estudo das disciplinas acadêmicas e colaborar para a melhoria de desempenho no processo de aprendizagem, visando à redução dos índices de reprovação, retenção e evasão. Uma das ramificações do PROTUT está vinculada ao Centro de Informática (CI), onde se propõe a atender estudantes cuja formação adere-se à matemática e à computação. O PROTUT/CI age no suporte a seis disciplinas-alvo: três componentes curriculares versam sobre Cálculo Diferencial e Integral, uma sobre Cálculo Numérico, uma sobre Álgebra Linear e a uma sobre Cálculo Vetorial e Geometria Analítica (CVGA). Neste trabalho daremos enfoque à última. Este trabalho tem o propósito de reportar um estudo de caso realizado por tutores de CVGA acerca de tendências observadas na preferência dos tutorandos por plataformas digitais como motor de estudo no processo ensino- aprendizagem em contraste com outras modalidades. Pesquisas qualitativas indicam que os canais digitais caminham para uma posição de destaque neste processo face ao modelo de tutoria convencional e lança perspectivas de que o e-tutoring pode tornar-se elemento indispensável para que o programa de tutoria torne-se mais eficaz.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.