Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

AVALIAÇÃO DE UM JOGO LÚDICO COMO RECURSO DIDÁTICO AUXILIAR PARA A COMPREENSÃO DE CONCEITOS DE QUÍMICA ORGÂNICA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

Palavra-chaves: JOGOS DIDÁTICOS, QUÍMICA ORGÂNICA, ENSINO-APRENDIZAGEM Comunicação Oral (CO) Práticas de Gestão Pedagógica no âmbito do PIBID
"2014-11-21 23:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 9993
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 596
    "inscrito_id" => 549
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DE UM JOGO LÚDICO COMO RECURSO DIDÁTICO AUXILIAR  PARA A COMPREENSÃO DE CONCEITOS DE QUÍMICA ORGÂNICA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO"
    "resumo" => "O jogo didático é uma ferramenta que motiva a aprendizagem de conhecimentos de maneira motivadora e atrativa, pois é capaz de despertar o interesse dos alunos, contribuindo para promover uma maior interação em sala de aula. Para Soares (2008), o jogo promove interações linguísticas diversas em termos de características e ações lúdicas, ou seja, as atividades lúdicas implicam no prazer, no divertimento, na liberdade e na voluntariedade, contendo um sistema de regras claras e explícitas. Na visão de Kishimoto (1996), um jogo é considerado educativo quando possui 2 funções: a lúdica e a educativa. A primeira está voltada ao caráter da diversão e prazer, que o jogo poderá proporcionar aos alunos. Já a segunda, se refere à forma como o conhecimento, habilidades e saberes deve ser apreendido. Portanto, a presente pesquisa tem como objetivo avaliar um jogo didático para auxiliar na compreensão do estudo das funções orgânicas oxigenadas com alunos do 3° ano do Ensino Médio de uma escola pública do Município de Campina Grande-PB. Nesse sentido, foi aplicado o jogo Atomlig Educação 77, em uma turma contendo 12 alunos. Inicialmente os alunos eram divididos em três equipes de quatro pessoas. Em seguida, os alunos eram convidados a sortear 3 nomenclaturas referentes as funções oxigenadas (éter, ácido carboxílico e cetona). Ao terminar de montar a estrutura, eles deveriam trocar entre si os compostos de modo que as 3 equipes montassem as 3 estruturas sorteadas. Em cada etapa foi atribuído uma pontuação para cada equipe. Na segunda rodada do jogo, foram introduzidas as funções álcool, cetonas e aldeídos. Após a realização das atividades, foi aplicado um questionário contendo 4 questões, com o intuito dos alunos avaliarem a metodologia empregada. E este resultou numa aprovação unanime da parte dos alunos em relação à metodologia aplicada. A partir dos resultados obtidos foi observado que o jogo didático proporcionou aos estudantes, motivação para aprendizagem dos conceitos da Química Orgânica, melhorando o seu rendimento na disciplina. Os sujeitos conseguem perceber a importância dos jogos didáticos nas aulas de Química e avaliam positivamente a estratégia adotada pelo professor-pesquisador. No entanto, observam-se algumas dificuldades referentes à aprendizagem, o que merece ser investigado com maior profundidade, a fim de compreender melhor o problema."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Práticas de Gestão Pedagógica no âmbito do PIBID"
    "palavra_chave" => "JOGOS DIDÁTICOS, QUÍMICA ORGÂNICA, ENSINO-APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_04_11_2014_09_49_35_idinscrito_549_0546ff268938cf8d4e7341f578cb6d9e.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LIDIANE GOMES DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "LIDIANE"
    "autor_email" => "lidiane.gomes1@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 9993
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 596
    "inscrito_id" => 549
    "titulo" => "AVALIAÇÃO DE UM JOGO LÚDICO COMO RECURSO DIDÁTICO AUXILIAR  PARA A COMPREENSÃO DE CONCEITOS DE QUÍMICA ORGÂNICA COM ALUNOS DO ENSINO MÉDIO"
    "resumo" => "O jogo didático é uma ferramenta que motiva a aprendizagem de conhecimentos de maneira motivadora e atrativa, pois é capaz de despertar o interesse dos alunos, contribuindo para promover uma maior interação em sala de aula. Para Soares (2008), o jogo promove interações linguísticas diversas em termos de características e ações lúdicas, ou seja, as atividades lúdicas implicam no prazer, no divertimento, na liberdade e na voluntariedade, contendo um sistema de regras claras e explícitas. Na visão de Kishimoto (1996), um jogo é considerado educativo quando possui 2 funções: a lúdica e a educativa. A primeira está voltada ao caráter da diversão e prazer, que o jogo poderá proporcionar aos alunos. Já a segunda, se refere à forma como o conhecimento, habilidades e saberes deve ser apreendido. Portanto, a presente pesquisa tem como objetivo avaliar um jogo didático para auxiliar na compreensão do estudo das funções orgânicas oxigenadas com alunos do 3° ano do Ensino Médio de uma escola pública do Município de Campina Grande-PB. Nesse sentido, foi aplicado o jogo Atomlig Educação 77, em uma turma contendo 12 alunos. Inicialmente os alunos eram divididos em três equipes de quatro pessoas. Em seguida, os alunos eram convidados a sortear 3 nomenclaturas referentes as funções oxigenadas (éter, ácido carboxílico e cetona). Ao terminar de montar a estrutura, eles deveriam trocar entre si os compostos de modo que as 3 equipes montassem as 3 estruturas sorteadas. Em cada etapa foi atribuído uma pontuação para cada equipe. Na segunda rodada do jogo, foram introduzidas as funções álcool, cetonas e aldeídos. Após a realização das atividades, foi aplicado um questionário contendo 4 questões, com o intuito dos alunos avaliarem a metodologia empregada. E este resultou numa aprovação unanime da parte dos alunos em relação à metodologia aplicada. A partir dos resultados obtidos foi observado que o jogo didático proporcionou aos estudantes, motivação para aprendizagem dos conceitos da Química Orgânica, melhorando o seu rendimento na disciplina. Os sujeitos conseguem perceber a importância dos jogos didáticos nas aulas de Química e avaliam positivamente a estratégia adotada pelo professor-pesquisador. No entanto, observam-se algumas dificuldades referentes à aprendizagem, o que merece ser investigado com maior profundidade, a fim de compreender melhor o problema."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "Práticas de Gestão Pedagógica no âmbito do PIBID"
    "palavra_chave" => "JOGOS DIDÁTICOS, QUÍMICA ORGÂNICA, ENSINO-APRENDIZAGEM"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_1datahora_04_11_2014_09_49_35_idinscrito_549_0546ff268938cf8d4e7341f578cb6d9e.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LIDIANE GOMES DE ARAUJO"
    "autor_nome_curto" => "LIDIANE"
    "autor_email" => "lidiane.gomes1@hotmail.co"
    "autor_ies" => "UEPB"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-21 23:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 21 de novembro de 2014

Resumo

O jogo didático é uma ferramenta que motiva a aprendizagem de conhecimentos de maneira motivadora e atrativa, pois é capaz de despertar o interesse dos alunos, contribuindo para promover uma maior interação em sala de aula. Para Soares (2008), o jogo promove interações linguísticas diversas em termos de características e ações lúdicas, ou seja, as atividades lúdicas implicam no prazer, no divertimento, na liberdade e na voluntariedade, contendo um sistema de regras claras e explícitas. Na visão de Kishimoto (1996), um jogo é considerado educativo quando possui 2 funções: a lúdica e a educativa. A primeira está voltada ao caráter da diversão e prazer, que o jogo poderá proporcionar aos alunos. Já a segunda, se refere à forma como o conhecimento, habilidades e saberes deve ser apreendido. Portanto, a presente pesquisa tem como objetivo avaliar um jogo didático para auxiliar na compreensão do estudo das funções orgânicas oxigenadas com alunos do 3° ano do Ensino Médio de uma escola pública do Município de Campina Grande-PB. Nesse sentido, foi aplicado o jogo Atomlig Educação 77, em uma turma contendo 12 alunos. Inicialmente os alunos eram divididos em três equipes de quatro pessoas. Em seguida, os alunos eram convidados a sortear 3 nomenclaturas referentes as funções oxigenadas (éter, ácido carboxílico e cetona). Ao terminar de montar a estrutura, eles deveriam trocar entre si os compostos de modo que as 3 equipes montassem as 3 estruturas sorteadas. Em cada etapa foi atribuído uma pontuação para cada equipe. Na segunda rodada do jogo, foram introduzidas as funções álcool, cetonas e aldeídos. Após a realização das atividades, foi aplicado um questionário contendo 4 questões, com o intuito dos alunos avaliarem a metodologia empregada. E este resultou numa aprovação unanime da parte dos alunos em relação à metodologia aplicada. A partir dos resultados obtidos foi observado que o jogo didático proporcionou aos estudantes, motivação para aprendizagem dos conceitos da Química Orgânica, melhorando o seu rendimento na disciplina. Os sujeitos conseguem perceber a importância dos jogos didáticos nas aulas de Química e avaliam positivamente a estratégia adotada pelo professor-pesquisador. No entanto, observam-se algumas dificuldades referentes à aprendizagem, o que merece ser investigado com maior profundidade, a fim de compreender melhor o problema.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.