Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

UM RELATO DE EXPERIÊNCIA A PARTIR DA APLICAÇÃO DE UMA PROPOSTA DIDÁTICA PARA O CONTEÚDO DE ELETROQUÍMICA NO PIBID UEPB.

Palavra-chaves: EXPERIMENTAÇÃO, PILHAS, MATERIAIS ALTERNATIVOS Pôster (PO) Ensino de Química: investigações e vivências da realidade docente na Educação Básica
"2014-11-22 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 9990
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 793
    "inscrito_id" => 148
    "titulo" => "UM RELATO DE EXPERIÊNCIA A PARTIR DA APLICAÇÃO DE UMA PROPOSTA DIDÁTICA PARA O CONTEÚDO DE ELETROQUÍMICA NO PIBID UEPB."
    "resumo" => "A experimentação e a contextualização no ensino de Química são aliadas no processo de ensino-aprendizagem, por motivar os alunos e facilitar a compreensão dos conteúdos e também por ajudar a desenvolver capacidade de compreender os fenômenos químicos presentes em seu dia-a-dia. Neste sentido, a proposta metodológica teve como objetivo proporcionar o ensino e a aprendizagem de eletroquímica com o auxilio da experimentação, e conscientizar sobre o uso e descarte de pilhas e baterias. No ensino de química, a experimentação pode ser uma estratégia eficiente para demonstrar os conteúdos trabalhados e para resolução de problemas reais que permite um ensino contextualizado. Neste contexto, o aluno é estimulado a levantar hipóteses, questionamentos e discutir os fenômenos apresentados durante a aula e permite o trabalho cooperativo. Neste contexto, os alunos do PIBIB UEPB da escola pública Estadual de Ensino Médio e Profissionalizante Dr. Elpídio de Almeida da Cidade de Campina Grande Paraíba, planejaram uma proposta metodológica para ensinar pilhas. As atividades foram divididas em duas etapas. Na primeira etapa, ministrou-se uma aula sobre eletroquímica, sendo apresentado um breve histórico acerca do surgimento das pilhas e baterias e como estas evoluíram até os dias atuais com a exposição dos tipos de pilhas, bem como a composição destas. Em seguida realizou-se uma explanação sobre o que seria uma pilha e uma bateria, conceitos básicos como: o que é o cátodo e ânodo, agente redutor e oxidante. Na segunda parte, desenvolveu-se o experimento: pilha a partir de materiais alternativos. Para a aplicação deste, dividiu-se a turma em cinco equipes, onde estas construíram uma pilha. Para construí-las, foram utilizados como eletrodos: 10 moedas de cobre e 10 arruelas pequenas de aço, as pilhas foram associadas em série para gerar uma maior voltagem. Os eletrólitos utilizados foram coca-cola, limão, solução de água e sal, batata inglesa e doce. Como ponte condutora, utilizamos 10 pares de garras de jacaré. Para comprovar a eletricidade produzida, utilizamos pequenas lâmpadas do tipo led (3V) e um aparelho multímetro, para medir a voltagem da pilha. Com o desenvolvimento desta proposta, pode-se observar que os alunos da Escola Estadual obtiveram êxito no processo de aprendizagem de eletroquímica, tendo como estudo principal o funcionamento de uma pilha, proposto neste trabalho. Diante disto, os resultados preliminares em fase de análise, apresentam indicativos para uso do experimento pilha a partir de materiais alternativos, neste observou-se que houve uma melhor aprendizagem do aluno, com isso essa proposta pode-se trabalhar os conceitos adquiridos e relacioná-los a prática, demonstrando com isso que a química pode ser abordada facilmente quando fizermos uso de métodos que permitem aos alunos participarem do processo de construção do conhecimento."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Ensino de Química: investigações e vivências da realidade docente na Educação Básica"
    "palavra_chave" => "EXPERIMENTAÇÃO, PILHAS, MATERIAIS ALTERNATIVOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_04_11_2014_23_03_42_idinscrito_148_621e117d11176a0eb6e52dfdeac924f8.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LEOSSANDRA CABRAL DE LUNA"
    "autor_nome_curto" => "LEOSSANDRA LUNA"
    "autor_email" => "leossandra.cabral@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 9990
    "edicao_id" => 27
    "trabalho_id" => 793
    "inscrito_id" => 148
    "titulo" => "UM RELATO DE EXPERIÊNCIA A PARTIR DA APLICAÇÃO DE UMA PROPOSTA DIDÁTICA PARA O CONTEÚDO DE ELETROQUÍMICA NO PIBID UEPB."
    "resumo" => "A experimentação e a contextualização no ensino de Química são aliadas no processo de ensino-aprendizagem, por motivar os alunos e facilitar a compreensão dos conteúdos e também por ajudar a desenvolver capacidade de compreender os fenômenos químicos presentes em seu dia-a-dia. Neste sentido, a proposta metodológica teve como objetivo proporcionar o ensino e a aprendizagem de eletroquímica com o auxilio da experimentação, e conscientizar sobre o uso e descarte de pilhas e baterias. No ensino de química, a experimentação pode ser uma estratégia eficiente para demonstrar os conteúdos trabalhados e para resolução de problemas reais que permite um ensino contextualizado. Neste contexto, o aluno é estimulado a levantar hipóteses, questionamentos e discutir os fenômenos apresentados durante a aula e permite o trabalho cooperativo. Neste contexto, os alunos do PIBIB UEPB da escola pública Estadual de Ensino Médio e Profissionalizante Dr. Elpídio de Almeida da Cidade de Campina Grande Paraíba, planejaram uma proposta metodológica para ensinar pilhas. As atividades foram divididas em duas etapas. Na primeira etapa, ministrou-se uma aula sobre eletroquímica, sendo apresentado um breve histórico acerca do surgimento das pilhas e baterias e como estas evoluíram até os dias atuais com a exposição dos tipos de pilhas, bem como a composição destas. Em seguida realizou-se uma explanação sobre o que seria uma pilha e uma bateria, conceitos básicos como: o que é o cátodo e ânodo, agente redutor e oxidante. Na segunda parte, desenvolveu-se o experimento: pilha a partir de materiais alternativos. Para a aplicação deste, dividiu-se a turma em cinco equipes, onde estas construíram uma pilha. Para construí-las, foram utilizados como eletrodos: 10 moedas de cobre e 10 arruelas pequenas de aço, as pilhas foram associadas em série para gerar uma maior voltagem. Os eletrólitos utilizados foram coca-cola, limão, solução de água e sal, batata inglesa e doce. Como ponte condutora, utilizamos 10 pares de garras de jacaré. Para comprovar a eletricidade produzida, utilizamos pequenas lâmpadas do tipo led (3V) e um aparelho multímetro, para medir a voltagem da pilha. Com o desenvolvimento desta proposta, pode-se observar que os alunos da Escola Estadual obtiveram êxito no processo de aprendizagem de eletroquímica, tendo como estudo principal o funcionamento de uma pilha, proposto neste trabalho. Diante disto, os resultados preliminares em fase de análise, apresentam indicativos para uso do experimento pilha a partir de materiais alternativos, neste observou-se que houve uma melhor aprendizagem do aluno, com isso essa proposta pode-se trabalhar os conceitos adquiridos e relacioná-los a prática, demonstrando com isso que a química pode ser abordada facilmente quando fizermos uso de métodos que permitem aos alunos participarem do processo de construção do conhecimento."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "Ensino de Química: investigações e vivências da realidade docente na Educação Básica"
    "palavra_chave" => "EXPERIMENTAÇÃO, PILHAS, MATERIAIS ALTERNATIVOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_04_11_2014_23_03_42_idinscrito_148_621e117d11176a0eb6e52dfdeac924f8.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:56"
    "updated_at" => "2020-06-10 12:19:15"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "LEOSSANDRA CABRAL DE LUNA"
    "autor_nome_curto" => "LEOSSANDRA LUNA"
    "autor_email" => "leossandra.cabral@hotmail"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-enid---uepb"
    "edicao_nome" => "Anais IV ENID / UEPB"
    "edicao_evento" => "IV Encontro de Iniciação à Docência da UEPB / UEPB"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/enid/2014"
    "edicao_logo" => "5e4d80132b22c_19022020153603.jpg"
    "edicao_capa" => "5f1855cb47e5f_22072020120547.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-11-22 00:00:00"
    "publicacao_id" => 13
    "publicacao_nome" => "Revista ENID UEPB"
    "publicacao_codigo" => "2318-7379"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

A experimentação e a contextualização no ensino de Química são aliadas no processo de ensino-aprendizagem, por motivar os alunos e facilitar a compreensão dos conteúdos e também por ajudar a desenvolver capacidade de compreender os fenômenos químicos presentes em seu dia-a-dia. Neste sentido, a proposta metodológica teve como objetivo proporcionar o ensino e a aprendizagem de eletroquímica com o auxilio da experimentação, e conscientizar sobre o uso e descarte de pilhas e baterias. No ensino de química, a experimentação pode ser uma estratégia eficiente para demonstrar os conteúdos trabalhados e para resolução de problemas reais que permite um ensino contextualizado. Neste contexto, o aluno é estimulado a levantar hipóteses, questionamentos e discutir os fenômenos apresentados durante a aula e permite o trabalho cooperativo. Neste contexto, os alunos do PIBIB UEPB da escola pública Estadual de Ensino Médio e Profissionalizante Dr. Elpídio de Almeida da Cidade de Campina Grande Paraíba, planejaram uma proposta metodológica para ensinar pilhas. As atividades foram divididas em duas etapas. Na primeira etapa, ministrou-se uma aula sobre eletroquímica, sendo apresentado um breve histórico acerca do surgimento das pilhas e baterias e como estas evoluíram até os dias atuais com a exposição dos tipos de pilhas, bem como a composição destas. Em seguida realizou-se uma explanação sobre o que seria uma pilha e uma bateria, conceitos básicos como: o que é o cátodo e ânodo, agente redutor e oxidante. Na segunda parte, desenvolveu-se o experimento: pilha a partir de materiais alternativos. Para a aplicação deste, dividiu-se a turma em cinco equipes, onde estas construíram uma pilha. Para construí-las, foram utilizados como eletrodos: 10 moedas de cobre e 10 arruelas pequenas de aço, as pilhas foram associadas em série para gerar uma maior voltagem. Os eletrólitos utilizados foram coca-cola, limão, solução de água e sal, batata inglesa e doce. Como ponte condutora, utilizamos 10 pares de garras de jacaré. Para comprovar a eletricidade produzida, utilizamos pequenas lâmpadas do tipo led (3V) e um aparelho multímetro, para medir a voltagem da pilha. Com o desenvolvimento desta proposta, pode-se observar que os alunos da Escola Estadual obtiveram êxito no processo de aprendizagem de eletroquímica, tendo como estudo principal o funcionamento de uma pilha, proposto neste trabalho. Diante disto, os resultados preliminares em fase de análise, apresentam indicativos para uso do experimento pilha a partir de materiais alternativos, neste observou-se que houve uma melhor aprendizagem do aluno, com isso essa proposta pode-se trabalhar os conceitos adquiridos e relacioná-los a prática, demonstrando com isso que a química pode ser abordada facilmente quando fizermos uso de métodos que permitem aos alunos participarem do processo de construção do conhecimento.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.