Artigo Anais IV ENID / UEPB

ANAIS de Evento

ISSN: 2318-7379

ANIMAÇÕES STOP MOTION: UMA FERRAMENTA MIDIÁTICA NO ENSINO DE BIOLOGIA.

Palavra-chaves: STOP MOTION, ENSINO DE BIOLOGIA, FERRAMENTAS MIDIÁTICAS Comunicação Oral (CO) A Biologia na perspectiva do Ensino Médio Inovador: propondo ações integradas de ensino, pesquisa e extensão Publicado em 22 de novembro de 2014

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo central, verificar de que maneira as animações em STOP MOTION (Técnica de animação onde um produtor a partir de uma sequência de fotos unidas, produz um movimento) contribuem para uma melhor aprendizagem de conceitos científicos tão complexos como os empregados no ensino de biologia. O estudo foi realizado junto aos alunos do 3º ano do ensino médio turma “E” da escola estadual Epídio de Almeida (Estadual da Prata) em Campina Grande-PB. Para iniciar as atividades cada aluno recebeu um questionário para verificação dos conhecimentos prévios sobre câncer. Em um segundo momento os alunos participaram de um mini curso sobre com o tema “Câncer- Convém saber!” e após a turma foi dividida em grupos e cada grupo produziu sua própria animação stop motion, sobre o desenvolvimento do câncer. Apresentaram suas animações e por fim responderam a um questionário final com questões presentes no pré teste e questões mais complexas. Ao fim das apresentações de sua produções os alunos comentaram sobre o método utilizado, sempre elogiando a técnica e afirmando que a mesma tornou a construção do seu conhecimento mais fácil e claro. Analisando os questionários respondidos pela turma, antes e após a aplicação da técnica e os depoimentos destes, verificamos que de fato o stop motion é uma ferramenta de ensino eficaz e assim como varias outras ferramentas apresenta limitações como a necessidade de micro computadores e câmeras fotográficas, porém essas limitações são facilmente possíveis de serem contornadas, tornando-as insignificantes quando comparados com as vantagens da técnica para sua utilização em sala de aula.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.