Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

FORMAÇÃO CONTINUADA EM CURRÍCULO E AVALIAÇÃO: DILEMAS E PERSPECTIVAS

Palavra-chaves: FORMAÇÃO CONTINUADA, CURRÍCULO, AVALIAÇÃO Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Por se tratar de uma relevante prática educativa, a formação de professores é tomada como uma prática abrangente em seus conteúdos, complexa em seus requisitos e profunda em sua finalidade, entretanto, importante se faz destacar que a Política Nacional de Formação de Profissionais do Magistério da Educação Básica foi instituída pelo Decreto nº 6.755, de 29 de janeiro de 2009, com vistas a resgatar, conforme “inciso VIII – a importância do docente no processo educativo da escola e de sua valorização profissional, traduzida em políticas permanentes de estímulo à profissionalização, à jornada única, à progressão na carreira, à formação continuada, à dedicação exclusiva ao magistério, à melhoria das condições de remuneração e à garantia de condições dignas de trabalho”. Nessa perspectiva, a Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC-BA), através do Instituto Anísio Teixeira (IAT/SEC), em 2014, ofertou 4.500 (quatro mil e quinhentas) vagas distribuídas nos Cursos de Aperfeiçoamento em Ciências Naturais, Educação Física, História, Geografia e Currículo e Avaliação, com o objetivo de capacitar professores em formação continuada que atuam nos Anos Finais do Ensino Fundamental da rede pública do Estado da Bahia, sobretudo, levando em efetivação uma proposta metodológica da Formação Continuada que teve em seu cerne a ação teoria e prática que desencadeou e conduziu os docentes a um processo de ensino e aprendizagem contextualizado e significativo, de modo a atualizá-los e aperfeiçoá-los, visando o desdobramento na práxis docente e a elevação da autoestima dos professores. Com base nessa concepção formativa, os encontros foram realizados de forma dinâmica, fazendo uso de recursos que exploraram as contribuições do dia-a-dia dos professores cursistas, organizando-os a partir de seus componentes: componente expositivo (teórico), explorando conceitos e teorias; componente dialógico, explorando resolução de problemas e elaboração de propostas; componente prático, explorando a aplicação destas propostas (experimentações). Dessa forma, este trabalho tem por objetivo apresentar os resultados obtidos no curso de formação continuada, especificamente, nas turmas de Currículo e Avaliação dos professores da rede pública estadual e municipal do município de Rafael Jambeiro, cidade do interior da Bahia, tendo em vista a análise da historicidade do currículo e suas relações e implicações no contexto educacional; discutindo as teorias do currículo e a relação escola e sociedade revelando perspectivas e intenções de um conceito, relacionando-as ao fazer cotidiano da escola; refletindo, orientando e problematizando questões relacionadas ao currículo e avaliação no fazer socioeducativo nas e das escolas, principalmente com foco na elaboração e revitalização do Projeto Político Pedagógico. Para fundamentar o nosso trabalho trazemos os seguintes autores: SILVA, 2000; MOREIRA, 1999; VEIGA & CARDOSO, 1991; FERREIRA, 2011; COSTA, 1999, PERRENOUD, 1999, FONSECA, 2011; MACEDO, 2007; MORERA & SILVA, 1995.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.