Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 204
UMA ANÁLISE SOBRE O FILME: A PRINCESA E O SAPO

Palavra-chaves: ESTUDOS CULTURAIS, CULTURA POPULAR, ANÁLISE DE FILME Comunicação Oral (CO) INCLUSÃO, DIREITOS HUMANOS E INTERCULTURALIDADE

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão sobre o filme A Princesa e o Sapo, contemplando de forma específica alguns personagens, em especial a princesa Tiana, que traz em seu personagem muita audácia e uma desconstrução de valores enraizados há décadas. Tiana é uma mulher aguerrida que busca alcançar seus objetivos, não espera acontecer, distintamente de contos e filmes que estamos acostumados, com princesas submissas que esperam apenas por um príncipe encantado. Através dos Estudos Culturais, podemos fazer um estudo de como esse comportamento se processa e sua importância e influência na formação de identidades infantis, nesse sentido, o filme A princesa e o Sapo e de forma peculiar a personagem Tiana será objeto de estudo. Traremos uma análise dos personagens de forma criteriosa, para que possamos entender quão real e inovador os desenhos andam moldando as atitudes e formas de agir, principalmente das crianças, pois ainda estão com suas identidades sendo formadas. O objetivo desse artigo é mostrar como os personagens do filme se faz presente nos dias atuais, em especial em meio a um universo tão diversificado no qual vivemos no âmbito escolar. Como metodologia de pesquisa foi utilizada à bibliográfica, mergulhamos nos principais teóricos que pesquisam essa temática de estudos culturais e como eles se intensificam dia a dia na vida de cada sujeito, uma vez que somos frequentemente bombardeados por imagens que trazem uma intencionalidade. Desta forma, Os Estudos Culturais nos mostram como isso é possível, sua contribuição no desenvolvimento das potencialidades cognitivas e psicossociais do universo infantil, que foi o resultado atingido pelo trabalho de pesquisa. Para fundamentar tais afirmações utilizamos os seguintes teóricos: STEINBERG et al. 2001; KELLNER, 1995; ESCOSTEGUY, 2001; NELSON et al, 1996. Este trabalho resulta de uma pesquisa bibliográfica realizada em sala, por meio do Componente Curricular Introdução aos Estudos Culturais em Educação, realizada pela Profa. Ms. Senyra Martins Cavalcanti (DE/UEPB).

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.