Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 190
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA: UM ESTUDO DE CASO SOBRE LEITURA, INTERPRETAÇÃO E CRIAÇÃO DE GRÁFICOS COM O USO DO EXCEL A PARTIR DA COLETA DE LIXO NUMA ESCOL

Palavra-chaves: LIXO, EDUCAÇÃO, TIC Comunicação Oral (CO) DIDÁTICA, CURRÍCULO E POLÍTICA EDUCACIONAL

Resumo

Este artigo aborda questões relacionadas ao uso de um aplicativo de informática para o tratamento de dados sobre a produção de lixo numa escola da rede estadual de ensino do estado da Paraíba. O objetivo principal deste trabalho é desenvolver competências e habilidades previstas pelos parâmetros curriculares nacionais para o ensino de Matemática. Desenvolvemos as atividades com um grupo de alunos das da 1ª e 2ª séries do ensino médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Luiz Neto. Os alunos realizaram uma coleta de dados sobre a quantidade e o tipo de lixo produzido na escola durante uma semana e com o uso de uma planilha eletrônica e criaram tabelas e gráficos para diferentes turnos de funcionamento da escola. O lixo foi classificado em orgânico e inorgânico. Os Parâmetros Curriculares Nacionais já apontam para a importância do ensino da Matemática integrada as novas tecnologias de informação e comunicação, principalmente, com o uso dos computadores como instrumento para levar o aluno a testar suas hipóteses e construir seu conhecimento por meio da interação com a máquina. Ao longo desenvolvimento da atividade realizamos leituras de gráficos e tabelas com informação sobre a produção de lixo no brasil e dados sobre reciclagem, confeccionamos gráficos e tabelas e discutimos os resultados, transformar os dados coletados sobre a produção de lixo na escola em tabelas e gráficos, discutimos sobre unidades de medidas de massa (kg e ton), foi proposta a produção, com a ajuda do professor de biologia, compostagem para a produção de uma horta orgânica. Como resultados obtidos podemos citar que o uso do Excel na sala de aula como uma tecnologia da informação e comunicação provocou interesse por parte dos alunos em manusear o aplicativo e interpretar os resultados obtidos com a coleta de dados, cerca de 95% dos alunos não fazem uso deste aplicativo pois são poucos os professores que possuem domínio sobre os mesmo para utilizar em atividades nas aulas de ciências e ou de matemática, os alunos produziram um relatório sobre a produção de lixo na escola, foi discutida a destinação mais adequada do lixo escolar, o lixo inorgânico será destinado a catadores de recicláveis. Os alunos demonstraram domínio na construção e interpretação de tabelas e gráficos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.