Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 190
RÁDIO ESCOLAR GONZAGÃO DIGITAL: CORPO-MÚSICA EM MOVIMENTO

Palavra-chaves: DIVERSIDADES CULTURAIS, REPERTÓRIOS CULTURAIS DA AFRODIÁSPORA, EDUCAÇÃO Pôster (PO) EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

A presente pesquisa traz como principal questão o Corpo e Música como instrumento de resistência, desconstrução de estereótipos e igualdade diante das diversidades culturais. O projeto o qual analisarei é um desdobramento do Projeto “Culturas, sonoridades e processos identitários afrodiaspóricos na comunidade escolar Compositor Luiz Gonzaga” e tem financiamento da FAPERJ para o Programa de Apoio à Melhoria do Ensino em Escolas Públicas sediadas no Rio de Janeiro. Ele está articulado ao Grupo de Pesquisa Culturas e Identidades no Cotidiano – PROPED/UERJ, e à pesquisa “Artes do Fazer: Diálogos e Alianças da Afrodiáspora em Redes Educativas”, financiado pelo CNPq através do Edital Universal de 2012 e pela FAPERJ através do Programa Jovem Cientista do Nosso estado de 2011. Esta tem como principal objetivo a criação e a gestão participativa de uma rádio na Escola Municipal Compositor Luiz Gonzaga, localizada em Jacarepaguá, Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro. Sendo desenvolvido em diálogo com os processos identitários dos sujeitos da afrodiáspora e em acordo com o processo de implantação da Lei Federal nº 10.639/2003, o projeto tem como objetivo ajudar na valorização da cultura negra no Brasil, possibilitando diálogos com as práticas musicais presentes na comunidade escolar. As reuniões com os alunos da escola são feitas às sextas-feiras nos turnos da manhã e da tarde, com professores da escola e estudantes de graduação. A partir dos estudos embasados em Frantz Fanon e Mikhail Bakhtin, discutirei sobre os processos identitários dos jovens nesta instituição, a partir da realização da Rádio e suas manifestações como a prática de DJ, as danças realizadas no horário do recreio e a “Batalha do Passinho”. Antes mesmo do projeto da rádio iniciar, os alunos e professores da escola já realizavam a “Música no Recreio”, onde estes participam da prática de DJ e da seleção de músicas para serem tocadas nos intervalos das aulas. Desde que essa prática se iniciou pode-se observar o corpo e suas expressões como um “hábito” que caminha ao lado do som. Atualmente os alunos que participam das oficinas organizaram no dia da Festa Junina da escola, uma “Batalha do Passinho”. Pelo presente trabalho ainda se encontrar em processo de andamento, não estão explícitos os resultados obtidos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.