Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 194
PRÁTICA DE ESCRITA NO ENSINO FUNDAMENTAL I E FORMAÇÃO DO PROFESSOR: DA TEORIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA

Palavra-chaves: ESCRITA, PRÁTICA PEDAGÓGICA, FORMAÇÃO DO PROFESSOR Comunicação Oral (CO) LINGUAGENS, LETRAMENTO E ALFABETIZAÇÃO Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Nos dias atuais, no meio educacional, muito se tem discutido acerca das dificuldades apresentadas pelos alunos durante o processo de aquisição da leitura e da escrita. Este assunto tem incomodado, de forma especial, os professores dos anos iniciais do ensino fundamental, uma vez que a condição de leitor e escritor tem se mostrado como um requisito indispensável à ascensão ao mundo letrado e, consequentemente, à participação plena na sociedade. Na sociedade contemporânea a todo instante somos chamados a interagirmos com a linguagem escrita, desse modo acreditamos que para ler e escrever com proficiência é necessário que os alunos estejam em contato direto com o mundo letrado. O presente artigo tem por objetivo tecer algumas reflexões acerca dos fundamentos teóricos que perpassam o ensino da escrita do professor e como sua prática pedagógica repercute no processo de aprendizagem dos alunos de forma a propiciar o seu desenvolvimento e sua inclusão social nas práticas letradas exigidas pela sociedade. Quanto à metodologia, configura-se como bibliográfico. Para o desenvolvimento do artigo, nos fundamentamos teoricamente nos estudos de Leandro (2011), Reinaldo (2002), e Kramer (2010) no tocante à escrita e Gatti (2013) no que diz respeito à formação do professor. Quanto à metodologia este artigo, configura-se como um estudo bibliográfico. Trata-se, pois, de um estudo que pretende fornecer subsídios e reflexão, sobretudo junto aos profissionais que estejam atuando na área educacional. Esse estudo permitiu compreender que além da preocupação com a discussão do aluno leitor e escritor é preciso considerar a complexidade que envolve a tarefa de educar, investindo em aspectos como a formação docente e as condições estruturais para que o professor realize sua prática, fatores sem os quais a formação de sujeitos capazes de ler e escrever de maneira proficiente, dificilmente, será efetivada.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.