Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O ENSINO DA FORMAÇÃO DE IMAGENS EM LENTES ESFÉRICAS COM BASE NO ESTUDO DO DESENVOLVIMENTO DA LUNETA DE GALILEO

Palavra-chaves: HISTÓRIA E FILOSOFIA DA CIÊNCIA, ENSINO DE FÍSICA, LENTES ESFÉRICAS Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 7561
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 909
    "inscrito_id" => 731
    "titulo" => "O ENSINO DA FORMAÇÃO DE IMAGENS EM LENTES ESFÉRICAS COM BASE NO ESTUDO DO DESENVOLVIMENTO DA LUNETA DE GALILEO"
    "resumo" => "Desde a gênese do processo de reformulação do Ensino Médio, outorgada pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), até a consolidação de suas Novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNEM), a História e Filosofia da Ciência (HFC) é apontada como um elemento de destaque de um Ensino de Física contextualizado (BRASIL, 2000, 2002, 2006, 2012). Diante disso, a presente pesquisa visa discutir as contribuições que a HFC podem oferecer ao Ensino de Física a partir de uma proposta didática pautada no estudo de um episódio histórico específico. Para isso, recorremos a sequência didática proposta por Almeida e Silva (2012) que aborda o conteúdo da formação de imagens em lentes esféricas por meio do estudo do desenvolvimento da luneta de Galileo Galilei. Para Matthews (1995), a interface da HFC no ensino permite: desmistificar a Ciência e, assim, explorar seu caráter humano; contribuir para aulas de Ciências com maior significado e poder de reflexão; auxiliar a aprendizagem dos conteúdos científicos pela discussão de todos os seus aspectos (incluindo os “obscuros”); e promover a didática docente pelo (re)conhecimento da complexidade abarcada pelo saber científico. Embora executada com adaptações, nossa intervenção seguiu a dinâmica dos momentos pedagógicos recomendados pela sequência didática supracitada – que são: Problematização Inicial, Organização do Conhecimento e a Aplicação do Conhecimento.  Neste âmbito, Delizoicov (2005) explica que: a problematização inicial tem a função de explicitar/discutir os conhecimentos prévios dos alunos sobre o assunto a ser trabalhado, por meio do debate de alguma conjuntura (preferencialmente, cotidiana) vinculada à respectiva temática de estudo; a organização do conhecimento trata das táticas utilizadas pelo professor para favorecer a aprendizagem dos saberes científicos envolvidos na resolução do problema anunciado; e a aplicação do conhecimento remete a tarefa docente de explorar outras variáveis iniciais ou situações (problemas) ligadas ao conteúdo e capazes de suscitar a abstração, por parte do educando. Com o desenrolar da investigação podemos perceber que os estudantes demonstram discernimento, tanto sobre o conteúdo físico discutido – a formação de imagens em lentes esféricas –, quanto aos aspectos extracientíficos relacionados ao desenvolvimento da luneta de Galileo."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "FORMAÇÃO DE PROFESSORES"
    "palavra_chave" => "HISTÓRIA E FILOSOFIA DA CIÊNCIA, ENSINO DE FÍSICA, LENTES ESFÉRICAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_11_56_05_idinscrito_731_c34e5846a89d70590f6a166d19815df4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ PRAXEDES DE OLIVEIRA NETO"
    "autor_nome_curto" => "PRAXEDES"
    "autor_email" => "praxneto@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 7561
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 909
    "inscrito_id" => 731
    "titulo" => "O ENSINO DA FORMAÇÃO DE IMAGENS EM LENTES ESFÉRICAS COM BASE NO ESTUDO DO DESENVOLVIMENTO DA LUNETA DE GALILEO"
    "resumo" => "Desde a gênese do processo de reformulação do Ensino Médio, outorgada pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), até a consolidação de suas Novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNEM), a História e Filosofia da Ciência (HFC) é apontada como um elemento de destaque de um Ensino de Física contextualizado (BRASIL, 2000, 2002, 2006, 2012). Diante disso, a presente pesquisa visa discutir as contribuições que a HFC podem oferecer ao Ensino de Física a partir de uma proposta didática pautada no estudo de um episódio histórico específico. Para isso, recorremos a sequência didática proposta por Almeida e Silva (2012) que aborda o conteúdo da formação de imagens em lentes esféricas por meio do estudo do desenvolvimento da luneta de Galileo Galilei. Para Matthews (1995), a interface da HFC no ensino permite: desmistificar a Ciência e, assim, explorar seu caráter humano; contribuir para aulas de Ciências com maior significado e poder de reflexão; auxiliar a aprendizagem dos conteúdos científicos pela discussão de todos os seus aspectos (incluindo os “obscuros”); e promover a didática docente pelo (re)conhecimento da complexidade abarcada pelo saber científico. Embora executada com adaptações, nossa intervenção seguiu a dinâmica dos momentos pedagógicos recomendados pela sequência didática supracitada – que são: Problematização Inicial, Organização do Conhecimento e a Aplicação do Conhecimento.  Neste âmbito, Delizoicov (2005) explica que: a problematização inicial tem a função de explicitar/discutir os conhecimentos prévios dos alunos sobre o assunto a ser trabalhado, por meio do debate de alguma conjuntura (preferencialmente, cotidiana) vinculada à respectiva temática de estudo; a organização do conhecimento trata das táticas utilizadas pelo professor para favorecer a aprendizagem dos saberes científicos envolvidos na resolução do problema anunciado; e a aplicação do conhecimento remete a tarefa docente de explorar outras variáveis iniciais ou situações (problemas) ligadas ao conteúdo e capazes de suscitar a abstração, por parte do educando. Com o desenrolar da investigação podemos perceber que os estudantes demonstram discernimento, tanto sobre o conteúdo físico discutido – a formação de imagens em lentes esféricas –, quanto aos aspectos extracientíficos relacionados ao desenvolvimento da luneta de Galileo."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "FORMAÇÃO DE PROFESSORES"
    "palavra_chave" => "HISTÓRIA E FILOSOFIA DA CIÊNCIA, ENSINO DE FÍSICA, LENTES ESFÉRICAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_11_56_05_idinscrito_731_c34e5846a89d70590f6a166d19815df4.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:26"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "JOSÉ PRAXEDES DE OLIVEIRA NETO"
    "autor_nome_curto" => "PRAXEDES"
    "autor_email" => "praxneto@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Desde a gênese do processo de reformulação do Ensino Médio, outorgada pelos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), até a consolidação de suas Novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNEM), a História e Filosofia da Ciência (HFC) é apontada como um elemento de destaque de um Ensino de Física contextualizado (BRASIL, 2000, 2002, 2006, 2012). Diante disso, a presente pesquisa visa discutir as contribuições que a HFC podem oferecer ao Ensino de Física a partir de uma proposta didática pautada no estudo de um episódio histórico específico. Para isso, recorremos a sequência didática proposta por Almeida e Silva (2012) que aborda o conteúdo da formação de imagens em lentes esféricas por meio do estudo do desenvolvimento da luneta de Galileo Galilei. Para Matthews (1995), a interface da HFC no ensino permite: desmistificar a Ciência e, assim, explorar seu caráter humano; contribuir para aulas de Ciências com maior significado e poder de reflexão; auxiliar a aprendizagem dos conteúdos científicos pela discussão de todos os seus aspectos (incluindo os “obscuros”); e promover a didática docente pelo (re)conhecimento da complexidade abarcada pelo saber científico. Embora executada com adaptações, nossa intervenção seguiu a dinâmica dos momentos pedagógicos recomendados pela sequência didática supracitada – que são: Problematização Inicial, Organização do Conhecimento e a Aplicação do Conhecimento. Neste âmbito, Delizoicov (2005) explica que: a problematização inicial tem a função de explicitar/discutir os conhecimentos prévios dos alunos sobre o assunto a ser trabalhado, por meio do debate de alguma conjuntura (preferencialmente, cotidiana) vinculada à respectiva temática de estudo; a organização do conhecimento trata das táticas utilizadas pelo professor para favorecer a aprendizagem dos saberes científicos envolvidos na resolução do problema anunciado; e a aplicação do conhecimento remete a tarefa docente de explorar outras variáveis iniciais ou situações (problemas) ligadas ao conteúdo e capazes de suscitar a abstração, por parte do educando. Com o desenrolar da investigação podemos perceber que os estudantes demonstram discernimento, tanto sobre o conteúdo físico discutido – a formação de imagens em lentes esféricas –, quanto aos aspectos extracientíficos relacionados ao desenvolvimento da luneta de Galileo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.