Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 216
MODELAGEM MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM DA APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS (ABP)

Palavra-chaves: MODELAGEM MATEMÁTICA, APRENDIZAGEM BASEADA EM PROBLEMAS, RELATO DE EXPERIÊNCIA Comunicação Oral (CO) EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O objetivo deste trabalho é relatar uma experiência vivenciada na Escola Municipal de Ensino Infantil e Ensino Fundamental José Martins de Oliveira, situada na Zona Rural, Sítio Patamuté, no Município de Cajazeiras, Paraíba, a partir de uma prática desenvolvida no âmbito da metodologia baseada na resolução de problemas, aplicada aos alunos do 9º ano. A problemática bancada contempla as dificuldades encontradas pelos sujeitos investigados quanto à aprendizagem de Matemática. Assim, o contato real dos alunos com a Matemática “lá fora”, ou seja, o convite lançado para o estudo de campo nas proximidades da escola a partir da problematização por meio de uma situação didátiva foi o objeto nuclear de nossa prática docente. A atividade desenvolvida neste estudo contemplou a concepção metodológica baseada na ABP ou TBL, bem como sua associação à Modelagem Matemática. Assim, tem-se como tomada de partida o fazer Matemática a partir de alguns conceitos inerentes ao estudo da Aritmética (operações, regra de três, razão, proporção, escala), Álgebra (cálculo algébrico), Geometria (perímetros, áreas, ponto, reta, plano, figuras geométricas) e seus desdobramentos, uma vez que identificou-se na observação in locu a problemática de investigação. Os instrumentos de coleta da pesquisa: diagnóstico, diário de bordo e prognóstico evidenciaram o tratamento da prática docente, a partir das tendências em Educação Matemática apropriadas, como satifatório quanto às competências, habilidades e atitudes elencadas na situação didática desenvolvida, a serem potencializadas pelos alunos envolvidos. Além que, tem-se registro de relatos por partes dos sujeitos contemplados na pesquisa como uma atividade permeada por significados em sua comunidade escolar. Quanto às potencialidades contempladas no desenvolvimento desta prática de campo, destacam-se: a integração dos professores desta comunidade escolar ao estreitar espaços de parcerias e o compromisso dos alunos em corroborar com esta comunidade, a partir da construção de um currículo aberto. Já as limitações identificadas, encontram-se no âmbito dos desafios dos professores pensarem em práticas que contemplem o ato de propor uma transposição didática no espectro da construção do conhecimento. Conclui-se que as tendências em Educação Matemática: Modelagem Matemática e Aprendizagem Baseada em Problemas são excelentes aliadas para/na construção do conhecimento matemático, ou seja, potencializa uma proposta de prática de ensino dialética e protagonizadora.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.