Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 286
O CONTEÚDO DANÇA ATRAVÉS DA CULTURA POPULAR NORDESTINA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Palavra-chaves: PIBID, EDUCAÇÃO FÍSICA, DANÇA Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

O presente estudo foi desenvolvido com a finalidade de relatar a ação pedagógica de bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) do curso de Licenciatura Plena em Educação Física. Entendendo que a Educação Física na escola trata de conhecimentos da área da cultura corporal que são organizados e sistematizados nos conteúdos jogos, dança, esporte, ginástica e lutas, sendo estes importantes e obrigatórios no desenvolvimento da disciplina. Através das ações do PIBID, na EEEFM Assis Chateaubriand, por meio da ação e planejamento dos bolsistas em conjunto com a professora supervisora, foram introduzidos aos conteúdos programáticos da Educação Física, a dança, a partir da qual destacamos a importância de resgatar e intermediar as discussões geradas acerca do conteúdo, uma vez que se faz necessário disseminar criticamente um conhecimento socialmente construído e que é culturalmente nosso, para assim estimular o aluno, que por sua vez é o principal consumidor de conhecimentos que lhes são de direito. A dança na sua totalidade dispõe de diversos ritmos, culturas e estilos, compondo assim a identidade e manifestação popular de cada povo. Diante desta pluralidade, buscamos inserir nas aulas de Educação Física um pouco sobre a dança popular nordestina, mais precisamente o ritmo xote. Desenvolvemos o conteúdo através de aulas teóricas, exposições de vídeos, vivências práticas e principalmente uma oficina voltada essencialmente ao desenvolvimento do xote. A culminância das nossas ações se deu com uma apresentação cultural que fora inserida no roteiro do evento de São João da escola. Diante deste contexto, com a iniciativa de utilizar a cultura popular somada ao conteúdo principal das aulas foi possível perceber a interação, participação e valorização da cultura nordestina entre os alunos, tendo em vista a massificação de outras referências culturais na nossa sociedade, especificamente em nossa região, percebemos o valor de viabilizar a dança, mais precisamente a dança popular nordestina como um resgate da nossa cultura. Assim, observamos que o desenvolvimento deste conteúdo nas aulas de Educação Física na perspectiva da cultura corporal contribuiu para construção de uma educação problematizadora e transformadora, onde possibilitou a todos os envolvidos neste processo uma melhor compreensão do conteúdo/conhecimento desenvolvido de maneira consciente, proporcionando aos alunos um aprendizado significativo. Enfatizando um trabalho voltado para a experiência docente a partir das ações PIBID, consolidamos a nossa práxis de forma bastante significativa em virtude da formação de futuros profissionais de Educação Física, frente aos problemas e necessidades do espaço educacional público. É preciso destacar a importância de se trabalhar temas que perpassem o cotidiano e a cultura que nos cerca, tendo em vista que podemos incorporar aos conhecimentos que a disciplina propõe em cada um de seus conteúdos e, desta forma mediar um conhecimento para todos.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.