Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 193
FORMAÇÃO DE PEDAGOGOS: DIMENSÃO ANTROPOLÓGICAS, TELEOLÓGICAS E METODOLÓGICAS QUE DEVEM ORIENTAR SUAS PRÁTICAS

Palavra-chaves: PEDAGOGIA, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, PRÁTICAS EDUCATIVAS Pôster (PO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

A prática pedagógica contemporânea é resultante de um longo processo histórico que, por sua vez, está diretamente relacionada com a história evolutiva da humanidade, ao modo como os homens se relacionavam entre si, com o espaço que estavam inseridos e a forma como transmitiam para as futuras gerações sua cultura. A Pedagogia, como a concebemos atualmente, como ciência que se dedica a estudar os processos educacionais, suas múltiplas e complexas relações e repercussões na sociedade, somente se consolida recentemente, a partir da contribuição de muitos pesquisadores que se dedicaram a pensar a educação em seu contexto sociocultural. Dessa forma, a Pedagogia tem uma estreita relação com outras áreas do conhecimento, formando uma teia que contribui para o processo permanente de formação do educador, de modo que o torne capaz de enxergar a realidade com mais profundidade e, também, atuar com mais segurança, equilíbrio e responsabilidade nos espaços educativos. Nesse sentido, as escolas devem servir de espaço de diálogo rumo à apropriação, construção de conhecimento e de emancipação. Para tanto, deve ser um espaço democrático, comprometido com os interesses coletivos, e estar sintonizado com a realidade local. Através de uma pesquisa bibliográfica, tomando como referencia BUCHER (1996), GADOTTI (1999), GHIRALDELLI JR (2006) e SANTORO (2003), esse trabalho tem como objetivo principal, provocar um debate a respeito da formação de pedagogos e uma reflexão sobre as concepções antropológica, teleológica e metodológica que esses profissionais devem ter bem claras para desenvolver um trabalho sério e comprometido com a comunidade em que estão envolvidos. 1. A concepção antropológica, que norteará as demais e se refere ao perfil e a concepção de ser humano que se pretende ajudar a construir; 2. A concepção teleológica que está relacionada com a finalidade da educação, como deve ser e quais os ideais a alcançar; 3. A concepção Metodológica que se refere aos procedimentos para que a educação aconteça, reconhecendo que não há receitas prontas para chegar aos fins desejados e os procedimentos devem ser pensados coletivamente conforme as particularidades locais, sempre privilegiando o desenvolvimento do senso crítico para tomar decisões com responsabilidade. Proporcionar uma discussão a respeito da formação de pedagogos, sem dúvida, é um passo importante de modo que os tornem capazes de observar, pensar, criticar, sugerir, participar, cobrar direitos... Enfim, agir como protagonista nos espaços em que trabalham. REFERÊNCIASBUCHER, Aton. Crianças como sujeito. Concilium. Petrópolis: Vozes, n. 2, p. 55-67, 1996. GADOTTI, Moacir. História das ideias pedagógicas. São Paulo: Ática, 1999.GHIRALDELLI JR, Paulo. O que é Pedagogia. 3ª ed. (Coleção Primeiros Passos) São Paulo: Brasiliense, 2006.SANTORO, Maria Amélia Franco. Pedagogia como Ciência da Educação. São Paulo: Papirus, 2003.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.