Artigo Anais do V CONAPESC

ANAIS de Evento

ISSN: 2525-6696

Visualizações: 169
A INDÚSTRIA 4.0 NA PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS DOS SETORES DA MINERAÇÃO E AUTOMOBILÍSTICO

Palavra-chaves: INDÚSTRIA 4.0, PERCEPÇÃO DOS PROFISSIONAIS, SETOR AUTOMOBILÍSTICO, SETOR DA MINERAÇÃO, Comunicação Oral (Artigo Completo) AT 07: Novas tecnologias, Cultura Digital e Pesquisa e Ensino das Ciências da Computação

Resumo

O TEMA INDÚSTRIA 4.0 ESTÁ NA PAUTA DA MAIORIA DAS ORGANIZAÇÕES QUE VISAM MAIOR COMPETITIVIDADE E PRODUTIVIDADE, UTILIZANDO A INOVAÇÃO TECNOLÓGICA. NESTA PERSPECTIVA, NECESSITA-SE MUDAR A OPINIÃO DOS PROFISSIONAIS SOBRE A CULTURA TRADICIONAL, POIS ESTÃO HABITUADOS NA TERCEIRA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL. NESTE CONTEXTO, O OBJETIVO DESTE ARTIGO, É ANALISAR OS IMPACTOS E BENEFÍCIOS DAS IDEIAS E PERCEPÇÕES DOS PROFISSIONAIS DOS SETORES AUTOMOTIVO E DE MINERAÇÃO, EM RELAÇÃO À INDÚSTRIA 4.0. A PESQUISA DEMONSTROU A OPINIÃO DOS TRABALHADORES SOBRE A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL, RELACIONADA AOS SEUS DIVERSOS ASPECTOS DE EMPREGABILIDADE, PRODUTIVIDADE E CRESCIMENTO ECONÔMICO. A PESQUISA FOI EXPLORATÓRIA E A ABORDAGEM QUANTITATIVA COM TRÊS EMPRESAS DE GRANDE PORTE, SENDO UMA DO SETOR AUTOMOBILÍSTICO E DUAS DO SETOR DE MINERAÇÃO. APLICOU-SE QUESTIONÁRIOS AOS PROFISSIONAIS QUE TRABALHAM NA CADEIA PRODUTIVA UTILIZANDO A ESCALA LIKERT. OS RESULTADOS MOSTRARAM, PRIMEIRAMENTE, A PERCEPÇÃO DOS TRABALHADORES EM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS DA INDÚSTRIA 4.0 NO QUE TANGE À CONCORDÂNCIA ACERCA DAS VARIÁVEIS DE PRODUTIVIDADE, SEGURANÇA PARA O TRABALHADOR E NOVAS FORMAS DE APRENDIZAGEM. EM SEGUIDA, DEMONSTROU-SE OS IMPACTOS E UM NÍVEL DE CETICISMO EM RELAÇÃO À PERCEPÇÃO DOS TRABALHADORES COM AS NOVAS TECNOLOGIAS, EVIDENCIADOS PELAS VARIÁVEIS DE SUBSTITUIÇÃO DE EMPREGOS E DESEMPREGOS QUE PODERÃO GERAR NAS EMPRESAS. POR FIM, CONCLUIU-SE QUE OS TRABALHADORES POSSUEM UM VIÉS NA DIREÇÃO DA QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E SUA RÁPIDA TRANSFORMAÇÃO NA INDÚSTRIA, BEM COMO NA INTEGRAÇÃO DO MUNDO VIRTUAL DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, GERANDO BENEFÍCIOS RELACIONADOS À OTIMIZAÇÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL E NOVAS POSSIBILIDADES EMPREGATÍCIAS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.