Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 286
DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA: INCENTIVANDO A PRODUÇÃO DE PROJETOS NAS ESCOLAS PÚBLICAS.

Palavra-chaves: DNA, OFICINA, ESTUDANTES Comunicação Oral (CO) POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Introdução: A importância da análise de DNA tem sido amplamente explorada pela mídia, abordando aplicações na área genética, filogenia, estudos botânicos, alimentos transgênicos e tantos outros. Assim torna-se imprescindível a compreensão desta temática tão importante. Os PCNEM de Biologia afirmam que com os conhecimentos relacionados ao DNA aluno poderá compreender as tecnologias de clonagem, engenharia genética e outras ligadas à manipulação do DNA, e refletir sobre os aspectos éticos, morais, políticos e econômicos envolvidos na produção científica e tecnológica. Esse projeto tem como objetivo abordar e esclarecer temas relacionados ao DNA, estimular a produção científica de professores e alunos de ensino médio e difundir o conhecimento científico desenvolvido na universidade para a comunidade escolar. Metodologia: O público alvo e composto por Escolas Públicas de Ensino Médio do município de João Pessoa-PB. O projeto consiste da ministração de oficinas que abordam a extração, purificação e visualização de DNA, com duração 3 horas, realizadas no Laboratório Didático de Bioquímica da UFPB. A avaliação da oficina é feita por meio de questionários respondidos pelos alunos. Resultados: Entre os meses de abril e julho de 2014, participaram da oficina 79 alunos de diferentes seis escolas. Na análise dos questionários constatou-se que 78% dos alunos conseguiram entender questões relacionadas com DNA que antes não compreendiam; 59% passaram a ter noção da importância da ciência na vida das pessoas; 51% tiveram interesse em participar de outras atividades científicas; 67% dos alunos compreenderam o processo de purificação do DNA a partir células humanas; 72% compreenderam como funciona a reação da PCR e 58% dos alunos entenderam como é realizada e analisada uma eletroforese. Além disso, 87% dos participantes sentiram-se estimulados a participarem de outras atividades científicas, enquanto 61% afirmaram que gostariam de desenvolver e apresentar seu próprio trabalho científico e apresenta-lo em uma feira de ciências. Conclusão: As oficinas causam grande impacto na visão dos alunos acerca de temas relacionados a DNA e instigam e estimulam a curiosidade e a participação dos alunos em atividades científicas.Financiamento: MCTI/CNPq/SECIS N º 90/2013 processo CNPq 405827/2013/0

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.