Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 205
CITOLOGIA EM PRÁTICA: UMA ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA PARA A APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS – EJA

Palavra-chaves: MODELO BIOLÓGICO, PRÁTICA PEDAGÓGICA, ENSINO-APRENDIZAGEM Pôster (PO) EDUCAÇÃO DE PESSOAS JOVENS E ADULTAS

Resumo

As dificuldades decorrentes no conteúdo de citologia é constante, a mesma é um assunto que engloba diversos termos que precisam ser minuciosamente detalhados, e por isso, a confecção de modelos biológicos torna o conteúdo atrativo e consequentemente, uma aula com melhor aprendizagem. Neste contexto, o presente trabalho é desenvolvido na Unidade Escolar Araci Lustosa – UEAL de Bom Jesus – PI, na turma do 1º ano “A” e “C”, que visa confeccionar modelos biológicos como subsídio ao ensino de Biologia para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). O presente trabalho tem como objetivo expor uma estratégia pedagógica para subsidiar a aprendizagem e estimular o conhecimento, curiosidade e aumentar o empenho dos alunos na disciplina de Biologia. Para a execução deste trabalho, fez-se necessário ministrar aulas teóricas de citologia e posteriormente a divisão da turma em três grupos para confeccionar as representações biológicas das células. Foram utilizados os seguintes recursos: livros didáticos, slides, sites confiáveis, vídeos; e para a confecção dos modelos biológicos usou-se materiais de baixo custo, como isopor, massa de modelar, cola quente, palitos de madeira, tinta guache, gel de cabelo, barbante, papel, tesoura, estilete e uma breve explicação sobre biossegurança para um trabalho seguro e bem-sucedido. Os resultados ainda são preliminares, porém os alunos já possuem uma visão ampla das partes constituintes das células, isso remete dizer que o desenvolvimento cognitivo está em pleno desenvolvimento, e acarreta ao professor um resultado positivo no processo ensino-aprendizagem. Quanto aos licenciandos de Biologia observa-se um maior conhecimento da realidade das escolas públicas e da carreira docente, melhoria na formação com base nos pressupostos teórico-práticos da vida profissional, o aprimoramento das modalidades didáticas, o uso de novas tecnologias e métodos alternativos no ensino de Ciências e Biologia e maior integração entre o ensino superior e o Ensino Básico. Pretende-se ao final do projeto, que os alunos exponham e expliquem os modelos biológicos na escola e posteriormente, deixem na escola como material didático da disciplina de Biologia, para que outros professores venham a utiliza-lo em aulas práticas.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.