Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O FEMINISMO COMO MODERADOR NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO-SEXISTA NAS ESCOLAS

Palavra-chaves: FEMINISMO, SEXISMO ESCOLAR, PAPEL DO DOCENTE, , Comunicação Oral (CO) GT 05 - Movimentos Sociais, Sujeitos e Processos Educativos Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

O PRESENTE ARTIGO PROPÕE-SE A INVESTIGAR COMO O FEMINISMO AUXILIA NO COMBATE ÀS PRÁTICAS SEXISTAS EM INSTITUIÇÕES ESCOLARES. TENDO POR OBJETIVOS ESPECÍFICOS ANALISAR OS IMPACTOS CAUSADOS PELO MACHISMO NO AMBIENTE ESCOLAR, ESTUDAR COMO O/A DOCENTE FACILITA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO-SEXISTA NAS ESCOLAS E COMPREENDER COMO O FEMINISMO INTERFERE NO DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DE ESTUDANTES DO GÊNERO FEMININO. ATENDENDO AS METAS SUPRACITADAS FOI UTILIZADO METODOLOGICAMENTE PROCEDIMENTOS BIBLIOGRÁFICOS COMO A REVISÃO BIBLIOGRÁFICA E ABORDAGEM QUALITATIVA. PORTANTO, O REFERIDO TRABALHO FOI DESENVOLVIDO A PARTIR DE CONCEITOS EPISTEMOLÓGICOS DE ESTUDIOSOS DAS CATEGORIAS ANALÍTICAS, COMO BEAUVOIR (1967), WOLLSTONECRAFT (2016) E FREIRE (1996), TENDO EM VISTA UMA MELHOR COMPREENSÃO E EXPLICAÇÃO DOS FENÔMENOS A SEREM ESTUDADOS. O ARREMATE CONCLUSIVO DESTA PESQUISA DESTACA QUE O MOVIMENTO FEMINISTA TEM COMO UMA DE SUAS FINALIDADES CONFRONTAR SISTEMAS EDUCATIVOS QUE TENDEM A REPRODUZIR PRÁTICAS E ATITUDES QUE PROMOVEM O TRATO DIFERENCIADO DAS PESSOAS EM RAZÃO DE SEU SEXO AFIM DE TRANSFORMÁ-LOS.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.