Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 189
EVASÃO E PERMANÊNCIA NA EDUCAÇÃO: UMA ABORDAGEM ACERCA DOS MODELOS EXPLICATIVOS

Palavra-chaves: EVASÃO, PERMANÊNCIA, MODELOS EXPLICATIVOS DA EVASÃO, , Comunicação Oral (CO) GT 11 - Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

OS ÍNDICES DE EVASÃO E RETENÇÃO DOS ESTUDANTES NOS DIVERSOS CURSOS E NAS VARIADAS MODALIDADES DE ENSINO, AO LONGO DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA, TÊM CHAMADO A ATENÇÃO PELO NÚMERO DE ALUNOS QUE ABANDONAM A ESCOLA. NO ENTANTO, OS MODELOS EXPLICATIVOS DA EVASÃO POUCO CONTEMPLAM O PROBLEMA, POIS AO APONTAREM ASPECTOS DE EXCLUSIVA COMPETÊNCIA DO ESTUDANTE PARA AS CAUSAS DO ABANDONO ESCOLAR, RECUSAM A ADMITIR QUE A ESCOLA TEM SUA RESPONSABILIDADE. A PARTIR DESSES QUESTIONAMENTOS, O OBJETIVO PRETENDIDO AQUI É APRESENTAR UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA EM TORNO DO TEMA DA EVASÃO NA EDUCAÇÃO, COM O APOIO DE UM BREVE LEVANTAMENTO ACERCA DOS MODELOS EXPLICATIVOS DE EVASÃO QUE SERVIRAM DE BASE PARA A TRAJETÓRIA DAS POLÍTICAS EDUCACIONAIS E PESQUISAS ACADÊMICAS. A RELEVÂNCIA DA NATUREZA DESTE TRABALHO JUSTIFICA-SE PELA TENTATIVA DE ELUCIDAR QUAIS DIMENSÕES E ASPECTOS SOBRE A EVASÃO ESCOLAR VÊM SENDO DESTACADOS EM DIFERENTES TEMPOS E ESPAÇOS, E COMO E SOB QUAIS CONDIÇÕES OS MODELOS EXPLICATIVOS CONTRIBUEM PARA PROMOVER AÇÕES INSTITUCIONAIS QUE VISEM À PERMANÊNCIA DO ESTUDANTE.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.