Artigo Anais I CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A REALIDADE SOBRE A PSICOMOTRICIDADE NAS ESCOLAS ESTADUAIS NO MUNICÍPIO DE PARELHAS – RN

Palavra-chaves: PSICOMOTRICIDADE, ESCOLA, QUALIFICAÇÃO Comunicação Oral (CO) FORMAÇÃO DE PROFESSORES
"2014-09-18 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 6835
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 1038
    "inscrito_id" => 4803
    "titulo" => "A REALIDADE SOBRE A PSICOMOTRICIDADE NAS ESCOLAS ESTADUAIS NO MUNICÍPIO DE PARELHAS – RN"
    "resumo" => "Resumo: Atualmente os pesquisadores e estudiosos buscam formas de melhorar a educação no Brasil. A preocupação com a qualidade do ensino cresce diariamente, enquanto o governo federal mostra-se preocupado apenas com os números. Atualmente uma das áreas em evidência é exatamente a psicomotricidade e suas implicações na melhora da qualidade do ensino, apesar de se conhecer a importância de trabalhar o aspecto motor integrado ao psíquico, o nosso sistema de ensino ainda não se adaptou a esta necessidade uma vez que não há quantidade suficiente de profissionais qualificados atuando na educação fundamental na área citada. A partir desta realidade surgiu necessidade de investigar se as escolas estaduais no município de Parelhas contavam com profissionais capazes de trabalhar o aspecto psicomotor do aluno uma vez que esta prerrogativa é própria do profissional de Educação Física, como descreve as resoluções e cartas divulgadas pelos órgãos competentes (CONFEF E CREFs). Para isso foi realizada uma pesquisa em duas escolas estaduais de ensino fundamental  de 1º a 5º ano, utilizando-se como instrumento para coleta dos dados uma entrevista dirigida contendo perguntas pré-estruturadas, posteriormente realizando-se uma análise descritiva dos dados, utilizando a frequência dos sujeitos referentes às questões investigadas, onde 80% dos entrevistados não sabiam o que era psicomotricidade e 100% deles declararam que serem capazes de trabalhar o aspecto psicomotor dos alunos. Outro fator investigado foi a formação destes profissionais, onde 100% são graduados porém esta graduação veio bom tempo depois de estarem atuando profissionalmente. Diante da situação encontrada sugere-se a inclusão do professor de educação física para auxiliar o professor no trabalho de educação das crianças e adolescentes.Palavras-chave: Psicomotricidade; Escola; Qualificação."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "FORMAÇÃO DE PROFESSORES"
    "palavra_chave" => "PSICOMOTRICIDADE, ESCOLA, QUALIFICAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_16_17_23_idinscrito_4803_f8f5827f16c67d7b8ce4f22130d93830.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RONDINELLI SANTOS OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "RONDINELLI"
    "autor_email" => "rondinelli_oliveira@hotma"
    "autor_ies" => "BARÃO DE MAUÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 6835
    "edicao_id" => 23
    "trabalho_id" => 1038
    "inscrito_id" => 4803
    "titulo" => "A REALIDADE SOBRE A PSICOMOTRICIDADE NAS ESCOLAS ESTADUAIS NO MUNICÍPIO DE PARELHAS – RN"
    "resumo" => "Resumo: Atualmente os pesquisadores e estudiosos buscam formas de melhorar a educação no Brasil. A preocupação com a qualidade do ensino cresce diariamente, enquanto o governo federal mostra-se preocupado apenas com os números. Atualmente uma das áreas em evidência é exatamente a psicomotricidade e suas implicações na melhora da qualidade do ensino, apesar de se conhecer a importância de trabalhar o aspecto motor integrado ao psíquico, o nosso sistema de ensino ainda não se adaptou a esta necessidade uma vez que não há quantidade suficiente de profissionais qualificados atuando na educação fundamental na área citada. A partir desta realidade surgiu necessidade de investigar se as escolas estaduais no município de Parelhas contavam com profissionais capazes de trabalhar o aspecto psicomotor do aluno uma vez que esta prerrogativa é própria do profissional de Educação Física, como descreve as resoluções e cartas divulgadas pelos órgãos competentes (CONFEF E CREFs). Para isso foi realizada uma pesquisa em duas escolas estaduais de ensino fundamental  de 1º a 5º ano, utilizando-se como instrumento para coleta dos dados uma entrevista dirigida contendo perguntas pré-estruturadas, posteriormente realizando-se uma análise descritiva dos dados, utilizando a frequência dos sujeitos referentes às questões investigadas, onde 80% dos entrevistados não sabiam o que era psicomotricidade e 100% deles declararam que serem capazes de trabalhar o aspecto psicomotor dos alunos. Outro fator investigado foi a formação destes profissionais, onde 100% são graduados porém esta graduação veio bom tempo depois de estarem atuando profissionalmente. Diante da situação encontrada sugere-se a inclusão do professor de educação física para auxiliar o professor no trabalho de educação das crianças e adolescentes.Palavras-chave: Psicomotricidade; Escola; Qualificação."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "FORMAÇÃO DE PROFESSORES"
    "palavra_chave" => "PSICOMOTRICIDADE, ESCOLA, QUALIFICAÇÃO"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "Modalidade_4datahora_11_08_2014_16_17_23_idinscrito_4803_f8f5827f16c67d7b8ce4f22130d93830.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:53"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:12:24"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "RONDINELLI SANTOS OLIVEIRA"
    "autor_nome_curto" => "RONDINELLI"
    "autor_email" => "rondinelli_oliveira@hotma"
    "autor_ies" => "BARÃO DE MAUÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-i-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais I CONEDU"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2014
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2014"
    "edicao_logo" => "5e4a0671b0a63_17022020002017.png"
    "edicao_capa" => "5f1848d9ed142_22072020111033.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2014-09-18 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 18 de setembro de 2014

Resumo

Resumo: Atualmente os pesquisadores e estudiosos buscam formas de melhorar a educação no Brasil. A preocupação com a qualidade do ensino cresce diariamente, enquanto o governo federal mostra-se preocupado apenas com os números. Atualmente uma das áreas em evidência é exatamente a psicomotricidade e suas implicações na melhora da qualidade do ensino, apesar de se conhecer a importância de trabalhar o aspecto motor integrado ao psíquico, o nosso sistema de ensino ainda não se adaptou a esta necessidade uma vez que não há quantidade suficiente de profissionais qualificados atuando na educação fundamental na área citada. A partir desta realidade surgiu necessidade de investigar se as escolas estaduais no município de Parelhas contavam com profissionais capazes de trabalhar o aspecto psicomotor do aluno uma vez que esta prerrogativa é própria do profissional de Educação Física, como descreve as resoluções e cartas divulgadas pelos órgãos competentes (CONFEF E CREFs). Para isso foi realizada uma pesquisa em duas escolas estaduais de ensino fundamental de 1º a 5º ano, utilizando-se como instrumento para coleta dos dados uma entrevista dirigida contendo perguntas pré-estruturadas, posteriormente realizando-se uma análise descritiva dos dados, utilizando a frequência dos sujeitos referentes às questões investigadas, onde 80% dos entrevistados não sabiam o que era psicomotricidade e 100% deles declararam que serem capazes de trabalhar o aspecto psicomotor dos alunos. Outro fator investigado foi a formação destes profissionais, onde 100% são graduados porém esta graduação veio bom tempo depois de estarem atuando profissionalmente. Diante da situação encontrada sugere-se a inclusão do professor de educação física para auxiliar o professor no trabalho de educação das crianças e adolescentes.Palavras-chave: Psicomotricidade; Escola; Qualificação.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.