Artigo Anais VII CONEDU - Edição Online

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

DESLEXIA: RELEVÂNCIA DO DIAGNÓSTICO NA INFÂNCIA

Palavra-chaves: DISLEXIA, APRENDIZAGEM, ALUNO ADULTO, , Pôster (PO) GT 11 - Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade
"2020-11-04 09:38:28"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 68316
    "edicao_id" => 141
    "trabalho_id" => 976
    "inscrito_id" => 4582
    "titulo" => "DESLEXIA: RELEVÂNCIA DO DIAGNÓSTICO NA INFÂNCIA"
    "resumo" => "A DISLEXIA SE CARACTERIZA POR UM TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM QUE GERALMENTE ? DETECTADO NA INF?NCIA FICANDO EXPL?CITO PELAS DIFICULDADES DAS CRIAN?AS NO COTIDIANO ESCOLAR, PRINCIPALMENTE NA ESCRITA E NA LEITURA. MARTINS (2001) AFIRMA QUE N?O SE TRATA DE UMA DOEN?A OU DEFICI?NCIA, MAS UMA FALTA DE CAPACIDADE PARCIAL DE COMPREENS?O DA LEITURA E DA ESCRITA, SENDO ESTA UMA CONDI??O DA ESP?CIE HUMANA, QUE PODE SER ADQUIRIDA AO LONGO DA VIDA ATRAV?S DE QUEST?ES PSICOL?GICAS, NEUROL?GICAS OU LINGU?STICAS. NO ENTANTO, ESSE D?FICIT FONOL?GICO N?O AFETA A INTELIG?NCIA DO INDIV?DUO, N?O INTERFERINDO NAS COMPET?NCIAS COGNITIVAS E DE COMPREENS?O. (TELES, 2004) UTILIZAMOS DE REVIS?ES BIBLIOGR?FICAS PARA UMA MELHOR COMPREENS?O DA DISLEXIA PARA TAL FORAM PESQUISADOS AUTORES COMO ARRUDA (2014), ALMEIDA (2014), TELES (2004) E ROCHA (2009). FIZEMOS USO DE UMA VISTA SEMIESTRUTURADA COM UMA ALUNA DE PEDAGOGIA QUE N?O FOI DIAGNOSTICADA COM DISLEXIA NA INF?NCIA, S? VINDO A DESCOBRIR DURANTE SUA SEGUNDA GRADUA??O, NO CURSO DE PEDAGOGIA, AO TER CONTATO COM AS TEORIAS A CERCA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO. A PARTIR DAS RESPOSTAS ? POSS?VEL OBSERVAR COMO A FALTA DE UM ACOMPANHAMENTO NA INF?NCIA E DE ATIVIDADES MAIS DIRECIONADAS, POR PARTE DOS PROFESSORES, REFLETIRAM NA IDADE ADULTA, POIS QUANDO CRIAN?A ? POSS?VEL ATRAV?S DE DETERMINADAS ATITUDES DO PROFESSOR, COMO COLOCAR O ALUNO SENTADO MAIS PR?XIMO AO QUADRO, OBSERVAR COMO O MESMO REALIZA SUAS ANOTA??ES, SOLICITAR MAIS ATEN??O, VALORIZAR SEUS ACERTOS, AL?M DE DAR MAIS TEMPO PARA A REALIZA??O DAS ATIVIDADES PODE PROPORCIONAR UM MAIOR DESENVOLVIMENTO AO ALUNO COM DISLEXIA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 11 - Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade"
    "palavra_chave" => "DISLEXIA, APRENDIZAGEM, ALUNO ADULTO, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD4_SA11_ID4582_30082020162413.pdf"
    "created_at" => "2020-11-04 17:47:29"
    "updated_at" => "2020-11-05 12:21:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MYDIAN JANAINA DE AZEVEDO CUNHA"
    "autor_nome_curto" => "MYDIAN"
    "autor_email" => "mydianjanaina@gmail.com"
    "autor_ies" => "CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU (UNINASSAU)"
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-vii-conedu---edicao-online"
    "edicao_nome" => "Anais VII CONEDU - Edição Online"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional da Educação"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2020"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5fa41515b329e_05112020120701.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-11-04 09:38:28"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 68316
    "edicao_id" => 141
    "trabalho_id" => 976
    "inscrito_id" => 4582
    "titulo" => "DESLEXIA: RELEVÂNCIA DO DIAGNÓSTICO NA INFÂNCIA"
    "resumo" => "A DISLEXIA SE CARACTERIZA POR UM TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM QUE GERALMENTE ? DETECTADO NA INF?NCIA FICANDO EXPL?CITO PELAS DIFICULDADES DAS CRIAN?AS NO COTIDIANO ESCOLAR, PRINCIPALMENTE NA ESCRITA E NA LEITURA. MARTINS (2001) AFIRMA QUE N?O SE TRATA DE UMA DOEN?A OU DEFICI?NCIA, MAS UMA FALTA DE CAPACIDADE PARCIAL DE COMPREENS?O DA LEITURA E DA ESCRITA, SENDO ESTA UMA CONDI??O DA ESP?CIE HUMANA, QUE PODE SER ADQUIRIDA AO LONGO DA VIDA ATRAV?S DE QUEST?ES PSICOL?GICAS, NEUROL?GICAS OU LINGU?STICAS. NO ENTANTO, ESSE D?FICIT FONOL?GICO N?O AFETA A INTELIG?NCIA DO INDIV?DUO, N?O INTERFERINDO NAS COMPET?NCIAS COGNITIVAS E DE COMPREENS?O. (TELES, 2004) UTILIZAMOS DE REVIS?ES BIBLIOGR?FICAS PARA UMA MELHOR COMPREENS?O DA DISLEXIA PARA TAL FORAM PESQUISADOS AUTORES COMO ARRUDA (2014), ALMEIDA (2014), TELES (2004) E ROCHA (2009). FIZEMOS USO DE UMA VISTA SEMIESTRUTURADA COM UMA ALUNA DE PEDAGOGIA QUE N?O FOI DIAGNOSTICADA COM DISLEXIA NA INF?NCIA, S? VINDO A DESCOBRIR DURANTE SUA SEGUNDA GRADUA??O, NO CURSO DE PEDAGOGIA, AO TER CONTATO COM AS TEORIAS A CERCA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO. A PARTIR DAS RESPOSTAS ? POSS?VEL OBSERVAR COMO A FALTA DE UM ACOMPANHAMENTO NA INF?NCIA E DE ATIVIDADES MAIS DIRECIONADAS, POR PARTE DOS PROFESSORES, REFLETIRAM NA IDADE ADULTA, POIS QUANDO CRIAN?A ? POSS?VEL ATRAV?S DE DETERMINADAS ATITUDES DO PROFESSOR, COMO COLOCAR O ALUNO SENTADO MAIS PR?XIMO AO QUADRO, OBSERVAR COMO O MESMO REALIZA SUAS ANOTA??ES, SOLICITAR MAIS ATEN??O, VALORIZAR SEUS ACERTOS, AL?M DE DAR MAIS TEMPO PARA A REALIZA??O DAS ATIVIDADES PODE PROPORCIONAR UM MAIOR DESENVOLVIMENTO AO ALUNO COM DISLEXIA."
    "modalidade" => "Pôster (PO)"
    "area_tematica" => "GT 11 - Inclusão, Direitos Humanos e Interculturalidade"
    "palavra_chave" => "DISLEXIA, APRENDIZAGEM, ALUNO ADULTO, , "
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV140_MD4_SA11_ID4582_30082020162413.pdf"
    "created_at" => "2020-11-04 17:47:29"
    "updated_at" => "2020-11-05 12:21:40"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MYDIAN JANAINA DE AZEVEDO CUNHA"
    "autor_nome_curto" => "MYDIAN"
    "autor_email" => "mydianjanaina@gmail.com"
    "autor_ies" => "CENTRO UNIVERSITÁRIO MAURÍCIO DE NASSAU (UNINASSAU)"
    "autor_imagem" => null
    "edicao_url" => "anais-vii-conedu---edicao-online"
    "edicao_nome" => "Anais VII CONEDU - Edição Online"
    "edicao_evento" => "Congresso Nacional da Educação"
    "edicao_ano" => 2020
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2020"
    "edicao_logo" => null
    "edicao_capa" => "5fa41515b329e_05112020120701.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2020-11-04 09:38:28"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 04 de novembro de 2020

Resumo

A DISLEXIA SE CARACTERIZA POR UM TRANSTORNO DE APRENDIZAGEM QUE GERALMENTE ? DETECTADO NA INF?NCIA FICANDO EXPL?CITO PELAS DIFICULDADES DAS CRIAN?AS NO COTIDIANO ESCOLAR, PRINCIPALMENTE NA ESCRITA E NA LEITURA. MARTINS (2001) AFIRMA QUE N?O SE TRATA DE UMA DOEN?A OU DEFICI?NCIA, MAS UMA FALTA DE CAPACIDADE PARCIAL DE COMPREENS?O DA LEITURA E DA ESCRITA, SENDO ESTA UMA CONDI??O DA ESP?CIE HUMANA, QUE PODE SER ADQUIRIDA AO LONGO DA VIDA ATRAV?S DE QUEST?ES PSICOL?GICAS, NEUROL?GICAS OU LINGU?STICAS. NO ENTANTO, ESSE D?FICIT FONOL?GICO N?O AFETA A INTELIG?NCIA DO INDIV?DUO, N?O INTERFERINDO NAS COMPET?NCIAS COGNITIVAS E DE COMPREENS?O. (TELES, 2004) UTILIZAMOS DE REVIS?ES BIBLIOGR?FICAS PARA UMA MELHOR COMPREENS?O DA DISLEXIA PARA TAL FORAM PESQUISADOS AUTORES COMO ARRUDA (2014), ALMEIDA (2014), TELES (2004) E ROCHA (2009). FIZEMOS USO DE UMA VISTA SEMIESTRUTURADA COM UMA ALUNA DE PEDAGOGIA QUE N?O FOI DIAGNOSTICADA COM DISLEXIA NA INF?NCIA, S? VINDO A DESCOBRIR DURANTE SUA SEGUNDA GRADUA??O, NO CURSO DE PEDAGOGIA, AO TER CONTATO COM AS TEORIAS A CERCA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO. A PARTIR DAS RESPOSTAS ? POSS?VEL OBSERVAR COMO A FALTA DE UM ACOMPANHAMENTO NA INF?NCIA E DE ATIVIDADES MAIS DIRECIONADAS, POR PARTE DOS PROFESSORES, REFLETIRAM NA IDADE ADULTA, POIS QUANDO CRIAN?A ? POSS?VEL ATRAV?S DE DETERMINADAS ATITUDES DO PROFESSOR, COMO COLOCAR O ALUNO SENTADO MAIS PR?XIMO AO QUADRO, OBSERVAR COMO O MESMO REALIZA SUAS ANOTA??ES, SOLICITAR MAIS ATEN??O, VALORIZAR SEUS ACERTOS, AL?M DE DAR MAIS TEMPO PARA A REALIZA??O DAS ATIVIDADES PODE PROPORCIONAR UM MAIOR DESENVOLVIMENTO AO ALUNO COM DISLEXIA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.