Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

O PLÁGIO NO ENSINO PROFISSIONALIZANTE: PERCEPÇÕES DISCENTES

Palavra-chaves: FORMAÇÃO, EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, DOCENTES, , ATIVIDADES ESCOLARES Comunicação Oral (CO) GT 20 - Educação Profissional e Tecnológica Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

OBJETIVOU-SE COM ESTE TRABALHO ANALISAR A PERCEPÇÃO DOS DISCENTES DO ENSINO PROFISSIONALIZANTE SOBRE A UTILIZAÇÃO DE PLÁGIO NAS ATIVIDADES ESCOLARES. A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TEM UM PAPEL FUNDAMENTAL NA FORMAÇÃO DO CIDADÃO CRÍTICO E REFLEXIVO, QUE NECESSITA SER CAPAZES DE MOBILIZAR CONHECIMENTOS, HABILIDADES E ATITUDES, VISANDO MANTER A SUA EMPREGABILIDADE E ASSEGURANDO UMA QUALIDADE DE VIDA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO. PARA TANTO, É NECESSÁRIO AO PERFIL PROFISSIONAL A BUSCA CONSTANTE DE APERFEIÇOAMENTO, TENDO EM VISTA DESENVOLVER HABILIDADES PARA O SABER FAZER, O SER E CONVIVER. A ESCOLHA DE ATIVIDADES DE APRENDIZAGENS QUE PERMITAM A PRODUÇÃO DE TEXTOS DE FORMA CORRETA SE FAZ NECESSÁRIA NO ENSINO PROFISSIONALIZANTE. A METODOLOGIA UTILIZADA FOI DE PESQUISA QUALITATIVA COM ALUNOS DA TURMA DE APRENDIZAGEM EM SERVIÇOS DE SUPERMERCADOS DE UMA ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ. OS DISCENTES QUE RESPONDERAM À PESQUISA SÃO DE FAIXA ETÁRIA ENTRE QUATORZE E DEZENOVE ANOS, ORIUNDOS DE ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS. E POR FIM, COM BASE NA PESQUISA REALIZADA É POSSÍVEL PERCEBER QUE NO NOSSO ORDENAMENTO EDUCACIONAL O PLAGIO É CONSTANTEMENTE UTILIZADO DE FORMA INDISCRIMINADA, PORÉM PELA FALTA DE CONHECIMENTO OU ATÉ MESMO A FALTA DE PUNIÇÃO, ESTE MAIS INCITADO A RESOLVER O PROBLEMA DO USO INDISCRIMINADO DE PLÁGIO, ATRAVÉS DAS NORMAS E ATÉ MESMO DO PRÓPRIO CONHECIMENTO EM SALAS DE AULA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.