Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 264
FEIRAS AGROECOLÓGICAS COMO ELEMENTOS DE CONSTRUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL

Palavra-chaves: AGROECOLOGIA, EDUCAÇÃO, SOBERANIA ALIMENTAR, AGRICULTURA FAMILIAR Pôster (PO) GT 05 - Movimentos Sociais, Sujeitos e Processos Educativos Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

O PRESENTE TRABALHO TEM COMO OBJETIVO ANALISAR A FEIRA AGROECOLÓGICA DE MOSSORÓ ENQUANTO ESPAÇO DE PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO E DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL, BEM COMO ENTENDER COMO ESTES PROJETOS PODEM SER UM MEIO ECONÔMICO ALTERNATIVO PARA GRUPOS SOCIALMENTE EXCLUÍDOS, PROCURANDO RELACIONAR À CAUSA DA ECONOMIA SÓLIDARIA E À BUSCA PELA SOBERANIA ALIMENTAR. A METODOLOGIA ADOTADA FOI DE ANÁLISE QUALITATIVA, ATRAVÉS DE ENTREVISTAS AOS PRODUTORES E PRODUTORAS DA FEIRA, PROCURANDO ENTENDER COMO A FORMAÇÃO ESCOLAR E PLANEJADA CORROBORA PARA O TRABALHO DESENVOLVIDO POR ELES, TENDO COMO HIPÓTESE QUE A FORMAÇÃO PARA AS ATIVIDADES DOS/DAS FEIRANTES É DESENVOLVIDA NO COLETIVO, E NÃO NO AMBIENTE ESCOLAR. APÓS A ANÁLISE DAS ENTREVISTAS PERCEBEMOS QUE A FEIRA DEVE SER RECONHECIDA COMO UM ESPAÇO DE PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO, QUE CONSTRÓI UMA EDUCAÇÃO LADO A LADO À NECESSIDADE E À REALIDADE DA COMUNIDADE, SENDO ASSIM, A FORMAÇÃO DE UM CAMINHO PARA UMA EDUCAÇÃO LIBERTADORA.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.