Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

Visualizações: 256
ASPECTOS SINGULARES DE RESISTÊNCIA E RESILIÊNCIA NO PROCESSO DE INCLUSÃO EDUCACIONAL DAS PESSOAS SURDAS

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO INCLUSIVA, EDUCAÇÃO DE SURDOS, PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, MOVIMENTOS DE RESISTÊNCIA Comunicação Oral (CO) GT 10 - Educação Especial Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE ARTIGO PROPÕE APRESENTAR UMA BREVE ANÁLISE DO MODELO EDUCACIONAL, ENQUANTO CONCEITO, RELACIONANDO-O AO IMPACTO DO PROCESSO DE FORMAÇÃO ESCOLAR DE PESSOAS SURDAS, FALANTES DE LIBRAS. ESTE ENTENDIMENTO NORTEARÁ A PONDERAÇÃO ACERCA DAS SITUAÇÕES RELEVANTES NA CONCEPÇÃO DE TENDÊNCIAS TEÓRICAS QUE CONSTRUÍRAM O ENTENDIMENTO DE EDUCAÇÃO INCLUSIVA DE PESSOAS SURDAS. UTILIZAMOS DE MÉTODO BIBLIOGRÁFICO NA BUSCA DE REFERÊNCIAS E INFORMAÇÕES JÁ ELABORADAS E PUBLICADAS POR PESQUISADORES E TEÓRICOS QUE POSSIBILITEM ESCLARECER, APROFUNDAR E DIALOGAR COM REFLEXÕES PARA O ENTENDIMENTO E ANÁLISE DO OBJETO DE ESTUDO DESSE ARTIGO. O ESTUDO APONTA QUE OS MOVIMENTOS SOCIAIS DE RESISTÊNCIA POR MELHORES CONDIÇÕES EXISTENCIAIS TÊM GRANDE IMPACTO TRANSFORMADOR EM POLÍTICAS AO SEREM RECONHECIDAS AS SINGULARIDADES FORMATIVAS DE PESSOAS SURDAS. AS AÇÕES AFIRMATIVAS NA EDUCAÇÃO, MEDIADA PELA ENTRE OUTROS FATORES PELA ACESSIBILIDADE COMUNICACIONAL, PROMOVEM RESPEITO AS IDIOSSINCRASIAS DOS SUJEITOS INCLUSOS NA EDUCAÇÃO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.