Artigo Anais VI CONEDU

ANAIS de Evento

ISSN: 2358-8829

A CULTURA ESCOLAR E O (DES)INTERESSE JUVENIL: UMA ANÁLISE DO FILME ESCRITORES DA LIBERDADE.

Palavra-chaves: CULTURA ESCOLA, JUVENTUDES, FRACASSO ESCOLAR Comunicação Oral (CO) GT 12 - Educação de Pessoas Jovens, Adultas e Idosas
"2019-10-24 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 58174
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 4164
    "inscrito_id" => 13095
    "titulo" => "A CULTURA ESCOLAR E O (DES)INTERESSE JUVENIL: UMA ANÁLISE DO FILME ESCRITORES DA LIBERDADE."
    "resumo" => "ESTE ARTIGO BUSCA APRESENTAR ALGUMAS REFLEXÕES SOB A PERSPECTIVA DA PROPOSTA DE DAYRELL (2007), NO TOCANTE A JUVENTUDE E A ESCOLARIZAÇÃO, DESTACANDO A VISÃO APOCALÍPTICA DAS DISCUSSÕES DA CULPABILIDADE MÚTUA, ENTRE ESCOLA E OS JOVENS ESTUDANTES, SOBRE O FRACASSO DO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO. PARA TANTO, TOMAMOS COMO SUPORTE A ANÁLISE IMAGÉTICA DO FILME “ESCRITORES LIBERDADE”, BUSCANDO COMPREENDER AS FALAS DAS PERSONAGENS POR MEIO DA CONCEPÇÃO DE JUVENTUDES. OS MEIOS METODOLÓGICOS QUE ENCONTRAMOS PARA PROMOVER ESSAS REFLEXÕES E PARA FUNDAMENTAR A ANÁLISE DO FILME FOI A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA OU, O QUE TOMAMOS COMO REVISÃO DE LITERATURA DIALÓGICA E SISTÊMICA, SEGUINDO A PERSPECTIVA DA AUTORA SHERON WALKER (2015) E A ANÁLISE FÍLMICA EM TRÊS FASES, A SABER: ASSISTIR AO FILME, SELEÇÃO DE TRECHOS RELACIONADO AO OBJETO DE ESTUDO DESTE TRABALHO E POR FIM, A INTERPRETAÇÃO E ANÁLISE DOS TRECHOS. CONSIDERAMOS COMO ALGUMAS HIPÓTESES LEVANTADAS NESTE ARTIGO, A DE QUE SERIA INADEQUADO APONTAR UM ÚNICO CULPADO PARA OS PROBLEMAS DA ESCOLA. NO FILME, FOI POSSÍVEL PERCEBER QUE MUITOS JOVENS QUE QUANDO MOTIVADOS PELA ESCOLA BUSCAM VIVER SUAS POSSIBILIDADES E PENSAR EM UM FUTURO. NESSE SENTIDO, CORROBORAMOS A AFIRMAÇÃO DE CHARLOT (2000) DE QUE O FRACASSO ESCOLAR NÃO EXISTE, O QUE EXISTE SÃO ESTUDANTES EM SITUAÇÃO DE FRACASSO."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 12 - Educação de Pessoas Jovens, Adultas e Idosas"
    "palavra_chave" => "CULTURA ESCOLA, JUVENTUDES, FRACASSO ESCOLAR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA12_ID13095_26092019101207.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:29"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELIAN SANDRA ALVES DE ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "DE ARAÚJO"
    "autor_email" => "lian.sbio@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 58174
    "edicao_id" => 112
    "trabalho_id" => 4164
    "inscrito_id" => 13095
    "titulo" => "A CULTURA ESCOLAR E O (DES)INTERESSE JUVENIL: UMA ANÁLISE DO FILME ESCRITORES DA LIBERDADE."
    "resumo" => "ESTE ARTIGO BUSCA APRESENTAR ALGUMAS REFLEXÕES SOB A PERSPECTIVA DA PROPOSTA DE DAYRELL (2007), NO TOCANTE A JUVENTUDE E A ESCOLARIZAÇÃO, DESTACANDO A VISÃO APOCALÍPTICA DAS DISCUSSÕES DA CULPABILIDADE MÚTUA, ENTRE ESCOLA E OS JOVENS ESTUDANTES, SOBRE O FRACASSO DO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO. PARA TANTO, TOMAMOS COMO SUPORTE A ANÁLISE IMAGÉTICA DO FILME “ESCRITORES LIBERDADE”, BUSCANDO COMPREENDER AS FALAS DAS PERSONAGENS POR MEIO DA CONCEPÇÃO DE JUVENTUDES. OS MEIOS METODOLÓGICOS QUE ENCONTRAMOS PARA PROMOVER ESSAS REFLEXÕES E PARA FUNDAMENTAR A ANÁLISE DO FILME FOI A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA OU, O QUE TOMAMOS COMO REVISÃO DE LITERATURA DIALÓGICA E SISTÊMICA, SEGUINDO A PERSPECTIVA DA AUTORA SHERON WALKER (2015) E A ANÁLISE FÍLMICA EM TRÊS FASES, A SABER: ASSISTIR AO FILME, SELEÇÃO DE TRECHOS RELACIONADO AO OBJETO DE ESTUDO DESTE TRABALHO E POR FIM, A INTERPRETAÇÃO E ANÁLISE DOS TRECHOS. CONSIDERAMOS COMO ALGUMAS HIPÓTESES LEVANTADAS NESTE ARTIGO, A DE QUE SERIA INADEQUADO APONTAR UM ÚNICO CULPADO PARA OS PROBLEMAS DA ESCOLA. NO FILME, FOI POSSÍVEL PERCEBER QUE MUITOS JOVENS QUE QUANDO MOTIVADOS PELA ESCOLA BUSCAM VIVER SUAS POSSIBILIDADES E PENSAR EM UM FUTURO. NESSE SENTIDO, CORROBORAMOS A AFIRMAÇÃO DE CHARLOT (2000) DE QUE O FRACASSO ESCOLAR NÃO EXISTE, O QUE EXISTE SÃO ESTUDANTES EM SITUAÇÃO DE FRACASSO."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO)"
    "area_tematica" => "GT 12 - Educação de Pessoas Jovens, Adultas e Idosas"
    "palavra_chave" => "CULTURA ESCOLA, JUVENTUDES, FRACASSO ESCOLAR"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV127_MD1_SA12_ID13095_26092019101207.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:53:54"
    "updated_at" => "2020-06-10 11:34:29"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "ELIAN SANDRA ALVES DE ARAÚJO"
    "autor_nome_curto" => "DE ARAÚJO"
    "autor_email" => "lian.sbio@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-vi-conedu"
    "edicao_nome" => "Anais VI CONEDU"
    "edicao_evento" => "VI Congresso Nacional de Educação"
    "edicao_ano" => 2019
    "edicao_pasta" => "anais/conedu/2019"
    "edicao_logo" => "5e4a032588ba0_17022020000613.png"
    "edicao_capa" => "5f184577153da_22072020105607.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2019-10-24 00:00:00"
    "publicacao_id" => 19
    "publicacao_nome" => "Anais CONEDU"
    "publicacao_codigo" => "2358-8829"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 24 de outubro de 2019

Resumo

ESTE ARTIGO BUSCA APRESENTAR ALGUMAS REFLEXÕES SOB A PERSPECTIVA DA PROPOSTA DE DAYRELL (2007), NO TOCANTE A JUVENTUDE E A ESCOLARIZAÇÃO, DESTACANDO A VISÃO APOCALÍPTICA DAS DISCUSSÕES DA CULPABILIDADE MÚTUA, ENTRE ESCOLA E OS JOVENS ESTUDANTES, SOBRE O FRACASSO DO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO. PARA TANTO, TOMAMOS COMO SUPORTE A ANÁLISE IMAGÉTICA DO FILME “ESCRITORES LIBERDADE”, BUSCANDO COMPREENDER AS FALAS DAS PERSONAGENS POR MEIO DA CONCEPÇÃO DE JUVENTUDES. OS MEIOS METODOLÓGICOS QUE ENCONTRAMOS PARA PROMOVER ESSAS REFLEXÕES E PARA FUNDAMENTAR A ANÁLISE DO FILME FOI A PESQUISA BIBLIOGRÁFICA OU, O QUE TOMAMOS COMO REVISÃO DE LITERATURA DIALÓGICA E SISTÊMICA, SEGUINDO A PERSPECTIVA DA AUTORA SHERON WALKER (2015) E A ANÁLISE FÍLMICA EM TRÊS FASES, A SABER: ASSISTIR AO FILME, SELEÇÃO DE TRECHOS RELACIONADO AO OBJETO DE ESTUDO DESTE TRABALHO E POR FIM, A INTERPRETAÇÃO E ANÁLISE DOS TRECHOS. CONSIDERAMOS COMO ALGUMAS HIPÓTESES LEVANTADAS NESTE ARTIGO, A DE QUE SERIA INADEQUADO APONTAR UM ÚNICO CULPADO PARA OS PROBLEMAS DA ESCOLA. NO FILME, FOI POSSÍVEL PERCEBER QUE MUITOS JOVENS QUE QUANDO MOTIVADOS PELA ESCOLA BUSCAM VIVER SUAS POSSIBILIDADES E PENSAR EM UM FUTURO. NESSE SENTIDO, CORROBORAMOS A AFIRMAÇÃO DE CHARLOT (2000) DE QUE O FRACASSO ESCOLAR NÃO EXISTE, O QUE EXISTE SÃO ESTUDANTES EM SITUAÇÃO DE FRACASSO.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.