Artigo Anais X CONAGES

ANAIS de Evento

ISSN: 2177-4781

Visualizações: 473
ANALISE CONTOS D'ESCÁRNEOS TEXTOS GROTESCOS DE HILDA HILST

Palavra-chaves: LITERATURA, EROTISMO, HILDA HILST, LITERATURA, EROTISMO, HILDA HILST, LITERATURA, EROTISMO, HILDA HILST Comunicação Oral (CO) Psicologia, Psicanálise, gênero, sexualidades Publicado em 04 de junho de 2014

Resumo

O presente trabalho trata dos aspectos relacionados ao erotismo em textos teóricos relacionado à literatura erótica para analise da obra contos D’escárnio textos grotesco de Hilda Hilst como corpus, iremos observar o que tem de pornográfico, erótico ou irônico. O erotismo está presente na sociedade e é dessa forma que o trabalho procurará situá-lo. Os aspectos quanto aos dois gêneros, masculino e feminino, serão estudados minuciosamente para compreender as diferentes formas de expressar os desejos que fazem parte do imaginário de cada um. O ato sexual e as expectativas que são levantadas da parte dos amantes envolvidos serão analisados e tem lugar de destaque na análise que ocorrerá adiante. No conto D’escárnio os momentos de sexo e todas as artimanhas utilizadas para que ele aconteça constitui material significativo para o trabalho monográfico. É discutido, a que público Hilda escreve e como ela busca conciliar o público intelectual e o que consome pornografia. Ela constrói um texto polêmico, esse aspecto é analisado pelo estudioso e crítico literário, Deneval, que julga a autora por ter falhado na tentativa de escrever literatura de consumo. A parte da análise constitui em identificar e argumentar acerca dos elementos que constituam a pornografia e ao mesmo tempo definindo o que é pornografia e erotismo.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.